Você quer começar um canal de sustentabilidade no Youtube? Confira 5 dicas para iniciantes

Com o crescimento do consumo de vídeo na internet, comunicadores em início de carreira podem usar a plataforma mais acessada do mundo para disseminar ideias

Reconhecido mundialmente pela sua usabilidade e quantidade de conteúdos, o YouTube é referência quando o assunto é compartilhamento de vídeos.

Estatísticas apontam que 1 bilhão de horas de conteúdo são consumidas todos os dias na plataforma, alcançando milhões de pessoas diariamente, interessadas em todo tipo de assunto.

Ter um canal de sustentabilidade no YouTube é uma forma eficiente de divulgar ações, produtos naturais, empresas, ONGs e disseminar ideias que ajudam e conscientizam os telespectadores.

Primeiros passos

O processo de criação é simples. Por ser uma aquisição do Google, a mesma conta com usuário e senha pode acessar ambas as plataformas.

É interessante acompanhar canais que trazem o  modelo de conteúdo que você pretende disseminar, como o Modefica, por exemplo.

Ser criativo na escolha do nome, relacionando-o ao seu nicho, também é ponto positivo para o público te localizar. Tome o cuidado de encontrar um título que não seja utilizado em outros canais é crucial para sua originalidade.

Não se preocupe em investir em materiais, como câmeras caras e profissionais nesse primeiro momento. Comece com o que você já possui em mãos e acompanhe estas dicas para aprimorar os recursos que já tem.

Escolha o seu cenário

Caso seus vídeos não sejam gravados na rua, dê preferência por ambientes com iluminação direta e natural, além de serem calmos e silenciosos.

É importante verificar se o seu local de gravação pode ser decorado do seu jeito, com elementos que representem o material que está gravando.

Invista um tempo para estudar ângulos, planos de imagem e utilize ferramentas de estabilidade, como um tripé, mesmo que improvisado. E não se esqueça: para o YouTube, o vídeo deve ser feito na posição horizontal.

Crie um roteiro

Mesmo que já domine o assunto, pesquise sobre o que será apresentado. Estabeleça tópicos importantes e crie uma linha do tempo entre eles, assim você evita improvisos que podem atrapalhar o andamento do seu vídeo e garante que as informações transmitidas estão atualizadas.

Caso necessário, separe imagens para criar um slideshow que possa ser usado tanto na montagem do seu roteiro, quanto no vídeo final. Incluir elementos externos deixa o conteúdo ainda mais relevante e dinâmico.

 

Escreva um título relevante

O título do vídeo é um dos meios mais certeiros que levam o público até você. Prefira títulos que realmente façam sentido com o conteúdo produzido, evitando nesse primeiro momento algo abstrato.

O próprio Google ensina técnicas de SEO (sigla para ‘Search Engine Optimization’, que traduzido em português, significa Otimização para Mecanismos de Buscas).

Entender um pouco mais sobre esse processo, vai ajudar a desenvolver títulos com mais capacidade de serem localizados quando o usuário pesquisar o conteúdo que você oferece.

Utilize um editor de vídeos para o YouTube

Atualmente o mercado oferece editores de vídeo com funções específicas para a confecção de materiais específicos para o YouTube, como templates prontos para miniaturas, tamanho ideal e transações mais populares para temas diversos. Utilizando essas ferramentas, você consegue fazer correções, como retirar ruídos desnecessários, cortar ou adicionar cenas, aplicar efeitos sonoros e visuais, deixando seu vídeo mais profissional e dinâmico.

Seja original

Mesmo que o Youtube já tenha vários canais que oferecem o mesmo tema, a sua visão sobre o assunto é o que o torna o conteúdo diferenciado. Seja original, aproveite a sua região, explore cenários que não são tão divulgados e comunique baseado em suas experiências e perspectivas e métodos próprios de resolução de problemas, se for o caso.

Bônus – Não se esqueça de verificar a carga da bateria e o armazenamento disponível do aparelho que você vai usar. Assim não corre o risco de interromper a gravação ou perder seu material.

Não tenha receio de compartilhar seu vídeo nas redes sociais, com seus amigos e familiares. Peça sugestões sobre o que as pessoas gostariam de assistir, garantindo assim que trará assuntos interessantes nos próximos vídeos.

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: