Palestras, atividades gastronômicas e pocket show acontecem nesta sexta no Espaço da Bioeconomia, dentro da Expoagro

O Espaço da Bioeconomia, que acontece na 43ª Exposição Agropecuária do Amazonas (Expoagro), segue nesta sexta-feira (10) com entrada gratuita e ações para todas as idades. As ações acontecem, das 10h às 18h, no Kartódromo da Vila Olímpica de Manaus.

Além disso, no local também está sendo realizada a 2ª edição do Seminário de Bioeconomia do Amazonas, que acontece em parceria com a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror).

O seminário tem início às 10h com o painel “Certificação e Rastreabilidade nas Redes de Conhecimento Produtivo”, que terá a participação da Analista de Impacto e Novos Negócios da Agrosmart, Bruna Gaspar; do engenheiro florestal, Eric Brosler; do representante da ASCAMP, Adeílson Gomes; do representante do Fórum Amazonense de Indicação Geográfica e Marcas Coletivas, José Antonio Fonseca; de uma das coordenadoras do Organismo Participativo de Avaliação da Conformidade Orgânica (OPAC) Maniva, Marina Reia; do portfolio manager da NESsT, Marcelo Cwerner; da bióloga, Natália Campos Pimenta; e com moderação da Chefe de Departamento de Políticas Públicas da Sedecti, Lilia Marina.

No período da tarde, a partir das 14h, acontece a roda de conversa “BioTICs: Tecnologias da Informação e Comunicação aliadas ao Fortalecimento da Bioeconomia”, que terá a participação do chefe do Departamento de Extensão Tecnológica e Inovação, Leonardo Silva; do engenheiro florestal, Eric Brosler; do biólogo da Operação Amazônia Nativa (OPAN), Felipe Rossoni; do fundador da Onisafra, Macaulay Abreu; do CEO e Fundador da startup SELVA, Rafael Veiga Paixão; do professor do Instituto Federal do Amazonas (IFAM), Rinaldo Sena Fernandes; e da presidente da Associação dos Agropecuários de Beruri (Assoab), Sandra Amud.

No espaço “Cozinha da Bioeconomia”, a ecochef Luizi Viana e seus convidados vão ensinar a preparar pratos especiais com produtos amazônicos. No horário do almoço, a partir das 12h, será a vez da receita “Queijo de Castanha/Molho de Mel e Maracujá do Mato”, servido com pirarucu crocante e, às 16h, o prato será “Pirarucu Curado servido com Creme de Castanha e Coalhada/ Cracker de Tapioca com Castanha da Amazônia”.

A programação da sexta-feira segue com as atividades educativas, das 16h às 18h, e o Pocket show “Maracatu Pedra Encantada”, às 17h.

Ações Fixas

Das 9h às 20h, os visitantes podem conferir a “Vitrine da Bioeconomia”, com produtos da sociobiodiversidade amazônica e, das 14h às 20h, a atração é a “Vitrine das Startups”. Durante todo o horário de funcionamento do espaço acontece a Feira da Bioeconomia, em parceria com a feira da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), com a comercialização de produtos originários da agricultura familiar e do extrativismo sustentável.

Para participar do evento, é obrigatório o uso de máscara e a apresentação da carteira de vacinação atualizada com a segunda ou dose única da vacina contra a COVID-19.

Mais sobre o espaço

O espaço é uma iniciativa do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Amazonas (Sedecti), e tem o objetivo de criar ações para difundir as possibilidades de fortalecer a economia da região respeitando a sustentabilidade e conservação da floresta.

O Espaço da Bioeconomia tem o apoio da iniciativa Uma Concertação pela Amazônia, Serviço Brasileiro de Apoio Às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Bemol,  Instituto Conexsus, Organização Não Governamental (ONG) Casa do Rio e Eco Consult.

Também tem patrocínio do projeto Bioeconomia e Cadeias de Valor, desenvolvido no âmbito da parceria entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH.

Realização:

Secretária de Produção Rural do Amazonas (Sepror); Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEDECTI); Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (ADAF); Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS); Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam); e InovaSocioBio Amazonas.

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" para ajudar a manter esse site. basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: