Banhistas aproveitam primeiro dia de 2022 na praia da Ponta Negra, em Manaus

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS — Com a praia da Ponta Negra, na zona Oeste de Manaus, liberada para banho das 9h às 17h, brasileiros e estrangeiros aproveitaram o primeiro dia de 2022 para mergulhar no Rio Negro e curtir o dia com a família e amigos. No ano passado, nesta mesma época do mês, o local estava interditado por conta da pandemia da Covid-19.urn:uuid:c26eca4c-ebf5-8278-c8a9-8278ebf5c26e

Praia da Ponta Negra, em Manaus, teve baixa movimentação neste 1º de janeiro (Bruno Pacheco/Revista Cenarium)

Para a autônoma Priscila Machado, de 19 anos, apesar da visitação do local estar liberada, ainda é preciso manter todos os cuidados necessários para conter o novo coronavírus, principalmente em meio à variante Ômicron. Junto com o noivo venezuelano Roderik Hernandez, de 20 anos, e a prima dele Ana Cristina, de 17 anos, Priscila resolveu passar a manhã deste sábado, 1º, no Complexo Turístico da Ponta Negra.

“Viemos em família para passar o dia na praia e curtir as férias. Adoramos ir para banhos e, como a prima dele acabou de chegar em Manaus, por que não vir para a Ponta Negra? Um ponto turístico bonito. Hoje é dia de comemorar a vida. Sabemos que 2021 foi um ano difícil, veio a pandemia, mas se Deus quiser, em 2022, vai dar tudo certo”, declarou Priscila Machado.

Da esquerda para direita, Priscila Machado, Roderik Hernanzes e Ana Cristina (Bruno Pacheco/Revista Cenarium)

Para Roderik, ir à praia também é momento de relaxar a mente e refletir sobre a vida. Ele falou à REVISTA CENARIUM que espera de 2022 mais saúde, controle diante das adversidades que aparecerem e abundância financeira. “Resolvemos vir à praia juntos. Tomar banho na praia nos ajuda a relaxar a mente e, diante de tudo que passamos com a Covid-19, esperamos um ano melhor em 2022”, salientou.urn:uuid:294040ed-7620-eb30-4f84-eb3076202940

Pela primeira vez na praia da Ponta Negra, a venezuelana Ana Cristina diz estar encantada e pretende voltar sempre que puder. Ela e o primo, Roderik, são naturais da cidade de La Paz, localizada no Oeste da Venezuela. “Vou tirar muita foto. Ver coisas novas me encanta muito”, disse a jovem.

Curtição com o pet

Além da família, a população também aproveitou o feriadão para curtir o dia com os pets. O músico nordestino Daniel Lima, de 35 anos, e a namorada manauara Priscila Lima, de 34 anos, levaram o cachorro de estimação Bil, de 12 anos, para tomar um banho na praia da Ponta Negra pela primeira vez.

“Eu já tinha trazido o Bil na Ponta Negra, mas não na orla. Como ele já tem 12 anos, aproveitei que hoje seria um dia mais tranquilo para trazê-lo somente para ver a praia. No meio do passeio, Bil se animou e mergulhou na água e estamos aqui curtindo o primeiro dia de 2022”, contou o vocalista da banda Essence.urn:uuid:c663e3e6-c8b6-9bc6-e58d-9bc6c8b6c663

Daniel Lima e Priscila Lima foram à praia com o Bil, de 12 anos (Bruno Pacheco/Revista Cenarium)

Para o Ano Novo, o cantor disse que almeja realizações e avanços na saúde, principalmente no combate à Covid-19. “Espero muitas realizações e um avanço ainda maior na saúde, que a pandemia esteja muito mais controlada e, acima de tudo, espero que tenhamos um ano muito melhor que tivemos em 2021”, frisou.

Sem ocorrências

O cabo Evandro, do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMA), disse à REVISTA CENARIUM que até as 13h deste sábado, 1º, a corporação não registrou nenhuma ocorrência, mas que seguirá de vigilância durante todo o feriadão, orientando os banhistas na hora do mergulho no Rio Negro. Segundo ele, o dia 1º de janeiro é o dia em que os salva-vidas costumam ter mais trabalho na praia, mas, em 2022, a quantidade menor de público no local tem evitado transtornos.

“Nós sempre falamos, na Ponta Negra, venha com sua família, aproveite, não ingira muita bebida alcoólica para atrapalhar o nado e respeite a sinalização do Corpo de Bombeiros. Este 2022 está sendo atípico, porque geralmente temos a festa aqui e, por conta disso, temos muitos problemas no dia primeiro. Até o presente momento não temos nenhum problema e esperamos que seja assim até o final do dia”, concluiu.

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" para ajudar a manter esse site. basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: