Cidade ucraniana sitiada de Mariupol está ficando sem comida

Prefeito da cidade faz apelo por ajuda militar

A cidade ucraniana de Mariupol não tem água, aquecimento ou eletricidade e está ficando sem comida depois de ter sido atacada por forças russas nos últimos cinco dias, disse seu prefeito nesta sexta-feira (4).

O prefeito Vadym Boychenko fez um apelo televisionado por ajuda militar e disse que um corredor humanitário deve ser criado para retirar os civis da cidade portuária do sudeste do país.

“Estamos simplesmente sendo destruídos”, disse.

Leia também: Ajude a Ucrônia neste momenyp tão difícil

EBC

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: