Hoje o dia é dedicado ao livro infantil

DIA 18 DE ABRIL DE 2022:

  • Dia Nacional do Livro Infantil – Lei 10.402, 08/01/2002 [Data escolhida para celebrar a literatura infantil nacional. Isso porque, nesse dia, em 1882, nascia o escritor Monteiro Lobato, considerado o pai da literatura infantil brasileira].

  • Dia Nacional do Autor e do Editor [Esta data visa a homenagear autores e editores de todo o país e tem valia simbólica levando em consideração o nascimento de grande autor e editor brasileiro: José Bento Monteiro Lobato, em 1882, mais conhecido somente como Monteiro Lobato. Poucos conhecem esta faceta de seu trabalho, mas no campo da edição Lobato abriu portas a novos talentos e divulgou obras de artistas modernistas. Ele dizia que “livro é sobremesa: tem que ser posto debaixo do nariz do freguês”. Com isso em mente, passou a tratar os livros como produtos de consumo, com capas coloridas e atraentes, e uma elevada qualidade de produção gráfica. Criou também uma política de distribuição, novidade na época: vendedores autônomos e distribuidores espalhados por todo o país. Como autor, fez enorme sucesso, principalmente com as obras: Urupês (1918); Ideias de Jeca Tatu (1919); Cidades Mortas (1919); Reinações de Narizinho (1931); Caçadas de Pedrinho (1933); Pica-pau Amarelo e dezenas de outras publicações].

  • Dia Mundial do Livro Espírita [Em 18 de abril é comemorado o aniversário de Lançamento de “O Livro dos Espíritos”, de Allan Kardec, que marca o nascimento da doutrina espírita, ocorrido no ano de 1857 em Paris].

  • Dia Nacional do Espiritismo (vide Dia Mundial do Livro Espírita).

  • Dia Mundial do Radioamador [18 de Abril, data em que foi fundada, no ano de 1925, a União Internacional de Radioamadores – IARU. Radioamador é a pessoa devidamente habilitada pelos órgãos competentes a operar uma estação radioamadora, nas frequências organizadas mundialmente pela UIT (União Internacional de Telecomunicações). Em tais frequências não é permitida a operação para fins comerciais ou desviada para qualquer outra finalidade].
    O Dia Nacional do Radioamador é comemorado em 5 de novembro em homenagem ao Decreto nº 16.657, publicado exatamente nesta data em 1924, que regulamentava as estações de radioamadores no Brasil.

  • Dia do Amigo [No Brasil, apesar de não ser instituído por lei, o dia do amigo é também comemorado popularmente em 18 de abril. No entanto, o país também vem adotando a data de 20 de julho, sendo inclusive instituída oficialmente em alguns estados e municípios. Mas há outras datas para celebrar a Amizade. Dia do Amigo é uma data proposta para celebrar a amizade entre as pessoas. No Brasil, Uruguai, Argentina e Moçambique a data mais difundida para esta celebração é 20 de julho, aniversário da chegada do homem à lua. Em 27 de abril de 2011, a Assembleia Geral das Nações Unidas resolveu convidar todos os países membros a celebrarem o Dia Internacional da Amizade em 30 de julho.]

  • Nasce, em Taubaté (SP), o contista, editor, romancista, jornalista e crítico literário José Bento Monteiro Lobato (18/04/1882). Nenhum autor é tão representativo da literatura infantil brasileira do século 20 quanto Monteiro Lobato. Seu primeiro livro para crianças, A Menina do Narizinho Arrebitado, foi publicado em 1920 e, desde então, sua fantasia já atravessou décadas e segue para a terceira geração de leitores, em várias reedições e até adaptações para a televisão, do mundo hiperrealístico do Sítio do Pica-pau Amarelo. Ao lado da literatura infantil, Monteiro Lobato também deixou extensa obra voltada para o público adulto. Algumas obras de literatura infantil: O Saci (1921); Fábulas de Narizinho (1921); Narizinho Arrebitado (1921); O Marquês de Rabicó (1922); Peter Pan (1930); Reinações de Narizinho (1931); Viagem ao Céu (1931); As Caçadas de Pedrinho (1933); Emília no País da Gramática (1934); Memórias da Emília (1936); Histórias de Tia Nastácia (1937); O Pica-pau Amarelo (1939). Monteiro Lobato morreu em 5 de julho de 1948.

  • Nasce, no Rio de Janeiro, o poeta Augusto Frederico Schmidt (18/04/1906). Foi um dos principais representantes da segunda geração do modernismo brasileiro. Foi poeta de inspiração bíblica e fez parte do chamado “grupo católico carioca”, agremiação literária que reunia artistas e intelectuais católicos de grande expressão, entre eles Jorge de Lima, Cecília Meireles, Murilo Mendes e Vinícius de Moraes. Foi, além de poeta, embaixador e conselheiro financeiro no governo do presidente Juscelino Kubitschek, de quem foi braço direito durante os anos de seu mandato. Além da carreira literária e política, foi empresário: em 1930, fundou a Schmidt Editora, responsável por lançar grandes nomes da literatura brasileira, entre eles Graciliano Ramos, Rachel de Queiroz, Jorge Amado, Vinicius de Moraes, Lúcio Cardoso e Gilberto Freyre. Ao longo de sua carreira como escritor, escreveu mais de 30 livros, além de ter sido autor de discursos memoráveis do presidente JK. Os temas centrais de sua poesia, gênero no qual se destacou, são a morte, a solidão, a angústia e a fuga, sempre tratados de maneira intensa, por meio de uma fala romântica e lírica derramada tão próprias de seu estilo anacrônico, sobretudo se comparado ao estilo dos modernistas heroicos. O escritor faleceu no dia 8 de fevereiro de 1965, aos 58 anos, no Rio de Janeiro.

  • Dia de São Galdino [Dom Frei Manuel de São Galdino, O.F.M. (Nasceu em Lisboa, 18 de abril de 1769 — morreu em Goa, 15 de julho de 1831). Ele foi um prelado português. Foi ordenado padre em 4 de agosto de 1793, pela Ordem dos Frades Menores. Em 27 de março de 1803, foi instalado como bispo de Macau, cargo que exerceu até 1804, quando foi nomeado Arcebispo-coadjutor de Goa. Assume a arquidiocese em 10 de fevereiro de 1812, sendo seu prelado até a sua morte, em 1831].

……………………………………….
(Pesquisa, seleção, edição e condensação dos textos:Paulo Tarso Barros.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: