Ian se enfraquece no sudeste dos EUA após deixar ao menos 23 mortos

A tempestade Ian perdia força neste sábado (1º) em sua passagem pelo sudeste dos Estados Unidos e espera-se que se dissipe durante a noite, depois de causar inundações na Carolina do Sul e devastar boa parte da Flórida, onde deixou mais de vinte mortos.

As autoridades deste estado informaram na sexta-feira à noite que a tempestade deixou 23 mortos, embora alguns veículos da mídia considerem que esse número é maior. O canal de televisão CNN fala de 45 mortos.

Após causar estragos na Flórida, Ian chegou na sexta-feira à tarde na Carolina do Sul como furacão de categoria 1, com ventos de até 140 km/h, segundo o Centro Nacional de Furacões (CNH). Depois perdeu força até se tornar uma tempestade pós-tropical.

Na manhã deste sábado (6h00 no horário de Brasília), seus ventos caíram para cerca de 50 km/h em sua passagem pela Carolina do Norte, informou o NHC.

Ian “deve se dissipar sobre o centro-sul de Virgínia” no sábado à noite, estima o centro, embora permaneça o risco de chuvas e inundações “moderadas” no centro dos Apalaches e no nordeste dos Estados Unidos.

O presidente americano Joe Biden pediu aos cidadãos que não ignorem os alertas das autoridades locais, como na Carolina do Sul, onde pediram para não circular por estradas alagadas.

“É uma tempestade perigosa que trará ventos fortes e muita água, mas o mais perigoso será o erro humano. Sejam inteligentes, tomem boas decisões, verifiquem como estão seus amigos e familiares e se mantenham a salvo”, tuitou o governador Henry McMaster.

Cerca de 575.000 famílias e empresas estavam sem energia elétrica na sexta-feira à noite na Carolina do Sul, Carolina do Norte e Virgínia, segundo o site especializado PowerOutage.

Veja mais no site Gauchazh

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: