AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Órgãos de segurança e saúde definem planejamento para A Banda

Representantes dos órgãos que integram as pastas da Segurança Pública, da Saúde e da Cultura participaram na manhã de hoje, 22, de um reunião no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Amapá (PM-AP). O encontro teve o objetivo de definir o planejamento preventivo e de segurança para o dia 16 de fevereiro, data que A Banda vai estar nas ruas.

Além do Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM-AP), também estiveram presentes a Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, Secretarias Municipal e Estadual de Saúde. A reunião ainda contou com a colaboração do secretário de Estado da Cultura, Disney Furtado, e do presidente da Associação dos Brincantes e Simpatizantes do Bloco de Sujos A Banda, José Sabino.

A Banda é o maior bloco de rua da Região Norte. Este tradicional evento carnavalesco de Macapá ocorre desde 1965 e todos os anos atrai milhares de foliões e espectadores. Em 2015, os organizadores do evento estimam a participação de um público superior a 100 mil pessoas.

Para atender a demanda deste evento, o CBM-AP vai disponibilizar 150 militares. O efetivo que estará de serviço no dia do bloco A Banda vai atuar principalmente na prevenção, com observadores de risco, e no atendimento, com médicos, enfermeiros e socorristas. Os serviços de combate a incêndio e busca e salvamento, não sofrerão prejuízo algum por conta dos militares escalados para a ação.

Na oportunidade, o tenente coronel BM Odielson, diretor de Inteligência e Operações, reafirmou a necessidade do CBM atuar com vistorias técnicas nas estruturas que forem montadas para o percurso como, por exemplo, arquibancadas, tendas e palcos.

"Nós primamos pela segurança, e por isso, qualquer empresa que preste o serviço de montagem de estruturas tem que solicitar a vistoria técnica do bombeiro. A empresa precisa de um laudo confirmando que aquela estrutura atende às normas do Código de Segurança contra incêndio e pânico do CBM-AP", explicou Odielson.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: