AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Segurança pública debate horários de funcionamento com donos de bares e boates

Nesta quinta-feira, 22, aconteceu uma reunião entre a Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), comando da Polícia Militar (PM-AP), Gabinete de Segurança Institucional, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional e donos de bares, boates e empresários do entretenimento noturno para tratar da segurança pública e horários de funcionamento das casas noturnas.

A discussão faz parte do plano de segurança integrada proposto pelo secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, Gastão Calandrini, para reduzir o índice de violência no Amapá.

O comandante da Polícia Militar, Carlos Souza, enfatizou que a PM está empenhada em reduzir a criminalidade, se valendo das ações ostensivas de segurança, que já estão sendo postas em prática há duas semanas, com operações e policiamento constante nas ruas. O ponto agora é debater com os responsáveis por bares, boates e similares para obter auxílio a fim de reduzir ainda mais os índices de violência.

"Hoje reunimos com esses empresários, que nós consideramos parceiros, para mostrar os números das operações. O objetivo desse encontro é fazermos todos juntos uma análise dos nossos dados e definir qual a estratégia para que possamos continuar com as operações de modo eficiente, pois é notória a tranquilidade que o Governo, com essa estratégia, está conseguindo proporcionar", comentou o comandante Carlos Souza.

Segundo ele, um dos maiores gargalos para a segurança pública continua sendo o horário de funcionamento dos estabelecimentos. "Reunimos para conversar com os atores, para que todos cumpram os horários estabelecidos pela prefeitura. Não queremos muita coisa, apenas isso, e nós da Polícia Militar trabalhamos para que haja tranquilidade nos horários de saída das pessoas nesses estabelecimentos. Isso evita que a Prefeitura feche o local, causando desconforto para os clientes", enfatizou o comandante da PM.

De acordo com a secretária municipal de desenvolvimento urbano e habitacional, Marta Barriga, a união dos órgãos de segurança com a Prefeitura e os responsáveis pelo entretenimento noturno da cidade é muito bem vinda para a melhoria da qualidade de vida e segurança das pessoas.

"Essa ação conjunta é elogiável, porque além de se ter um programa de combate à violência e criminalidade, você também consegue fazer cumprir o código de postura do município, que estabelece e rege o horário de funcionamento dos bares, boates e similares", comentou a secretária.

Marta Barriga reforça que com as ações constantes da segurança pública, a fiscalização da Prefeitura irá intensificar também as suas operações. "Nós vínhamos executando esse programa de fiscalização desde o ano passado e agora com o auxílio da Polícia Militar vamos poder expandir as nossas ações, especialmente com relação à venda de bebidas alcóolicas em via pública", explicou a secretária.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: