img#wpstats{display:none}

Sesa quita cinco meses de dívidas com o TFD deixadas pela gestão passada

Na tarde desta quarta-feira, 28, o secretário de Estado da Saúde, Pedro Leite, quitou a dívida deixada pela gestão passada com o Tratamento Fora de Domicílio (TFD) de julho à novembro de 2014. O valor pago totalizou R$ 454.560,86 e beneficiou 492 pacientes que estavam arcando sozinhos com os custos do auxílio e da complementação financeira, de responsabilidade do Estado.

A irregularidade foi constatada após intensa apuração nas contas da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), solicitada pelo secretário Pedro Leite. Segundo ele, a apuração continua, mas como o TFD requer urgência a dívida foi prontamente sanada assim que contabilizada. "Ainda estou tomando conhecimento de todas as situações dos setores da saúde do Estado. O TFD é uma delas, na qual após analises, constatamos o descaso e a falta de respeito com o cidadão amapaense. Não podemos deixar nossos pacientes sem assistência e por este motivo estamos pagando o que é por direito", enfatizou Pedro Leite.

De acordo com a gerente do TFD, Márcia Rodrigues, os 492 pacientes que tiveram as dívidas quitadas correspondem apenas a uma parcela do total atendido pelo Tratamento. "Essas dívidas pagas correspondem ao período de julho a novembro de 2014. O total de pacientes atendidos atualmente é bem maior. Até o dia de ontem nós já emitimos 237 passagens para novos pacientes do TFD", afirmou Márcia.

Segundo ela, pacientes atendidos no final de novembro e no mês de dezembro terão suas dívidas quitadas pela Sesa tão logo o orçamento do Estado seja aberto. "Essa é uma das nossas prioridades. Pagamos a dívida do ano passado com o que tínhamos na Sesa por ser uma questão emergencial. O restante da dívida, bem como os valores gerados com o Tratamento Fora de Domicilio nos meses de janeiro e fevereiro, será regularizada com a abertura do orçamento, uma vez que o orçamento do Estado está fechado desde novembro", explicou Márcia Rodrigues.

De acordo com o Secretário Pedro Leite, com a quitação da dívida, o Tratamento Fora de Domicílio deixará de sofrer atrasos em seus pagamentos, o que irá contribuir para otimizar o programa.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: