AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Município define estratégias para vacinação do HPV

A Prefeitura de Macapá definiu na manhã desta segunda-feira, 16, em reunião com profissionais de saúde, as estratégias para dar início à vacinação do HPV, que este ano tem como público-alvo meninas de 9 a 11 anos de idade. Diferente do ano passado, ficou estabelecido que tanto a primeira quanto a segunda dose acontecerá nas escolas e UBS’s das zonas urbana e rural.

A primeira etapa de vacinação iniciará gradativamente nas escolas a partir de 23 de março, mas nas UBS’s a vacina já está disponível. “O Ministério da Saúde recomenda que a vacinação seja feita nas escolas, pois assim conseguiremos vacinar um número maior de meninas em pouco tempo. Mas para garantir que tenhamos uma boa cobertura vacinal, vamos disponibilizar as vacinas em todas as unidades de saúde, assim as meninas, que por ventura perderem o dia de vacinação na escola, não ficarão sem ser imunizadas”, explica a coordenadora de Imunização, Jorsette Cantuária.

Este ano, mulheres entre 14 e 26 anos infectadas pelo vírus HIV também poderão ser imunizadas. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), as complicações decorrentes do HPV ocorrem com mais frequência em pacientes portadores de HIV e Aids. A vacinação para esse grupo deve acontecer com intervalos de dois meses após a primeira dose e seis meses depois da segunda dose. Para as meninas de 9 a 11 anos o esquema de vacinação é composto por três doses: a segunda é aplicada com intervalo de seis meses, e a terceira, de reforço, cinco anos após a primeira dose. Para este ano a meta é imunizar 13 mil garotas em Macapá.

Jamile Moreira/Asscom Semsa
Fotos: Max Renê

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: