AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Prefeito Clécio fala sobre importância da família com beneficiários de programas sociais

Compartilhando experiências de vida e histórias de famílias macapaenses. Assim foi a tarde desta segunda-feira, 19, do prefeito Clécio Luís, durante a primeira Oficina da Palavra promovida pela Prefeitura de Macapá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast), no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro Cidade Nova, com beneficiários de programas sociais.

Na comunicação direta e informal com as mães participantes, Clécio Luís conduziu o encontro que reuniu cerca de 50 beneficiários em um diálogo que abordou o tema Família, tendo a oportunidade de compartilhar sua história de vida e ouvir um pouco cada beneficiário. "Família é a célula macro, é onde começam as primeiras experiências de vida e ensinamentos, e deve ser o ponto de partida para enfrentar os desafios. Esta atividade é uma forma que encontramos de reforçar e fortalecer a importância dos vínculos familiares e sociais”.

O projeto “Oficina da Palavra” faz parte do Serviço de Proteção Integral à Família (Paif), essencial para a proteção de assistência social, uma vez que assegura espaços de convívio, informa e garante acesso aos direitos socioassistenciais, contribuindo para gestão intersetorial local, o desenvolvimento da autonomia e a ampliação da capacidade protetiva, fortalecendo vínculos familiares e comunitários.

A secretária de Assistência Social e do Trabalho, Sandra Smith, reiterou que a proposta da oficina é reunir a cada 15 dias os beneficiários do programa Bolsa Família, intercalando os seis Cras do município. “É uma experiência de aproximação e a presença do gestor municipal é fundamental, construindo conhecimento a partir do diálogo, ouvindo e compartilhando histórias”.

Com dois filhos beneficiados pelo Bolsa Família, Marli da Silva aprovou a iniciativa. “É uma forma de conhecer os gestores, trocar experiências, bem como tirar dúvidas”, comentou a dona de casa. Há 14 anos recebendo o benefício, Joaquina Miranda mantém cinco filhos e compartilhou as dificuldades e vitórias a partir do auxílio do programa federal. “Nesse encontro pude conhecer a realidade de outras famílias”, disse.

As atividades também servirão de base para o aprimoramento das políticas públicas desenvolvidas no município, a partir do perfil dos beneficiários, compartilhados e conhecidos durante as oficinas. O próximo encontro deve ocorrer no CEU das Artes, no bairro Infraero II, atendendo os beneficiários da zona norte da capital.

Andreza Sanches/Asscom PMM
Fotos: Max Renê

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: