AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Projeto educacional encerra com participação de Zé Miguel, Amadeu Cavalcante e Cley Luna

No segundo e último dia de realização do “Projeto Criança e Educação: universo em construção”, na quarta-feira, 21, mais uma vez os estudantes da educação infantil da rede municipal de ensino de Macapá passearam lindamente pela Música Popular Amapaense por meio da dança. Com a participação dos artistas Cley Luna, Amadeu Cavalcante e Zé Miguel, mais nove escolas deram um show de criatividade e emoção. A secretária de Educação, Dalva Figueiredo e a assessora especial da Semed, Cleodinéia do Carmo, prestigiaram o evento até o fim e deixou um recado.

“Nós, da Prefeitura de Macapá, estamos nos empenhando muito para que nossas escolas tenham cada vez mais condições de trabalhar suas ações. Sabemos que todas têm uma intensa agenda de produção pedagógica, com projetos belíssimos, como este, que são determinantes para o processo de formação das nossas crianças. Parabéns a todas as escolas envolvidas neste projeto”, disse a secretária.

E as crianças da educação Infantil, com idade média entre 4 e 5 anos, apresentaram-se como gente adulta, com muita responsabilidade e comprometimento de fazer bonito. O cantor Cley Luna gostou. “Não há melhor cachê para um artista do que este reconhecimento e respeito. É impagável ver crianças tão ‘pequenas’ cantando nossas músicas e nos apresentando tão belo espetáculo”. Luna foi homenageado com a sua música Clara, pela Escola Janice Palmerim, do distrito de Fazendinha.

Em 35 anos de carreira consolidada, Amadeu Cavalcante deixou o palco deslumbrado e agradecido. “É uma iniciativa louvável, desde o começo da minha carreira frequento as escolas para divulgar as nossas músicas, e agora é são elas que estão vindo até a gente. Penso que seja uma semente que plantamos lá atrás. Sempre falei aos professores que eles poderiam trabalhar as nossas poesias, a nossa cultura em sala de aula, e chamar a gente, porque, com certeza, os nossos artistas jamais vão se negar a comparecer. Parabéns à Secretaria de Educação pela iniciativa e à Escola Ana Cristina Ramos, que nos convidou. Estaremos sempre disponíveis para fazer parte de um projeto deste, que não tem preço”.

O cantor e compositor Zé Miguel foi o homenageado da escola AEIOU, que apresentou a composição Pérola Azulada. Para o artista, esse é o caminho que deve ser traçado para a educação. “Quero agradecer pela oportunidade e parabenizar por essa ideia de integração, que faz com que as famílias, os professores, os alunos, a secretaria e a própria prefeitura em si estejam mais juntas. É assim que se constrói uma sociedade melhor, pois a responsabilidade pelo processo educacional não é apenas da diretora da escola ou da prefeitura, mas de todos nós, então, quando conseguimos juntar todos, a gente se prepara para vencer esta guerra contra as adversidades da vida e rompe todos os processos de mudanças que são feitos por meio da educação”.

O encerramento do projeto teve ainda a participação dos professores-artistas do Programa Nacional de Incentivo à Leitura de Macapá e dos integrantes do Circo Roda Ciranda. As outras seis escolas que protagonizaram verdadeiros shows foram: Cantinho do Amor – que homenageou a Banda Blaca com a música Minha Cidade; Eloana Cristina – com a música Ai Menina, da cantora Lia Sofia; Mundo da Criança – homenageou o Grupo Pilão com a música Quando a Noite Vinha; Eficaz – homenagem a Marcelo Dias e sua música Toada Cabocla; Maria José Souza e Silva – dançou a canção eterna, de Julielle Marques; e a escola Sementinha, que fechou em grande estilo com um pot-pourri de Adelson Preto. O projeto é realizado anualmente, sempre com uma temática diferente. Então, em 2016 tem mais.

Rita Torrinha/Asscom Semed

Contato: 99189-8067

Fotos: Max Renê

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: