Educa

Troup Tribal realiza concurso entre grupos de toada em Macapá

O Grupo “Troup Tribal”, que possui mais de 10 anos de atividades no estado do Amapá, apresenta espetáculos na área de dança e em categorias diversas como boi-bumbá, marabaixo, carnaval, jazz, entre outros segmentos culturais como o teatro no Amapá.

Desde a sua fundação, a Troup Tribal cresce a cada ano prezando pela profissionalização dos seus integrantes, e no ano de 2014 se consagrou campeão do Festival Oficial de Toada do Amapá e também de outros concursos de dança, assim, no compromisso de valorização da cultura popular brasileira e regional, o Grupo realizará um festival com apresentação de danças típicas da Amazônia cadenciado ao som das toadas que têm sua raiz nos festivais que acontecem em Parintins (AM).

Em reconhecimento ao histórico da festa dos bumbás Garantido e Caprichoso, o atual campeão amapaense, tem a incumbência de realizar o Festival Oficial de Toada do Amapá, a fim de promover a escolha do melhor grupo de toada do estado e dos itens individuais que se destacam durante o concurso.

O Festival é uma ação inovadora que representa a aspiração dos agentes do seguimento artístico da dança e da cultura popular, levando em consideração a relevância históricas das manifestações populares e sua diversidade étnica para a construção de uma identidade cultural regional legítima e intransferível.

A FESTA DO BOI

O Bumba-meu-boi ou boi-bumbá é uma dança do folclore popular brasileiro, com personagens humanos e fantásticos, que gira em torno de uma lenda sobre a morte e ressurreição de um boi.

Em diversas cidades do Brasil especialmente no Norte e no Nordeste, mas também em algumas do Sudeste, como Campos dos Goytacazes (RJ), existem agremiações chamadas “bois” que realizam cortejos ou outros tipos de apresentações, utilizando a figura do animal, tendo muitas vezes caráter competitivo.

A festa do boi tem ligações com diversas tradições, africanas, indígenas e europeias, inclusive com festas religiosas católicas, sendo associada fortemente ao período de festas juninas.

Típico do Maranhão, o Bumba meu boi é registrado como patrimônio cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Ao espalhar-se pelo país, o bumba meu boi adquire nomes, ritmos, formas de apresentação, indumentárias, personagens, instrumentos, adereços e temas diferentes. No Pará, Rondônia e Amazonas, é boi-bumbá.

Em Parintins (AM) acontece uma das maiores celebrações populares do Brasil: o Festival Folclórico de Parintins. Oficializado em 1966, o festival é palco da disputa dos bois-bumbás, Caprichoso e Garantido, que existem desde 1913.

Os bois-bumbás de Parintins têm suas origens no Nordeste do Brasil. A região amazônica recebeu muitos imigrantes nordestinos. Com eles vieram suas manifestações culturais que foram incorporadas e adaptadas pela população nortista, inclusive com lendas, rituais, música e dança indígenas, além de figuras mitológicas como pajés e feiticeiros.

O BOI-BUMBÁ NO AMAPÁ

A música que acompanha as apresentações dos bois é a “toada”, e esta expressão marca a presença enquanto manifestação cultural no Estado do Amapá classificando popularmente os grupos de dança desta modalidade como “grupos de toada”.

Foi na década de 1990 embalada pelos ritmos da Banda Carrapicho (AM) que a toada marca seus primeiros passos no Amapá. Nos hits de “Vermelho”, “ritmo quente” e “tic-tic-tac”, que Joelson Leite cria o Grupo Filhos da Toada juntamente com os grupos Tarumã, Ibacaua e Encanto da Mata, plantando assim no solo amapaense a semente deste que é um dos maiores espetáculos de cultura popular da terra, a festa do boi-bumbá.

Atualmente, os “toadeiros”, como são designados os dançarinos desta modalidade, mantêm a Associação dos Grupos de Boi-Bumbá do Amapá, com nove grupos afiliados, e durante os finais de semana realizam projetos culturais como o “Toada no Meio do Mundo” no esforço de divulgar, unir e criar um ambiente de produção e difusão da dança, da arte, de cultura popular e de lazer não apenas para os dançarinos, mas também para a sociedade amapaense, o projeto anualmente culmina com a realização do Festival Oficial.

A PROGRAMAÇÃO

O Festival Oficial de Toada Amapaense será realizado em Macapá nos dias 27 e 28 de Novembro na Sede do Trem Desportivo Club.

No dia 27 as 22h terá a abertura do Festival com a presença da Rainha do Folclore Oficial do Boi Garantido, Isabelle Nogueira em uma apresentação com os itens oficias do Grupo Troup Tribal e logo em seguida será iniciada a disputa para a grande escolha do melhor grupo de 2015.

Já no dia 28 as 20h, o segundo dia de festival terá shows de bandas musicais e apresentações especiais, com apuração dos resultados e premiação do concurso. Durante todo o evento, a piscina estará liberada ao público presente e haverá de comidas e bebidas.

SERVIÇO

Festival Oficial de Toada do Amapaense
Local: Sede do Trem Desportivo Clube
Período: 27 a 28 de novembro de 2014

27/11//2015 – Sexta-feira
Início as 22h
Abertura do Festival Oficial
Apresentação de Isabelle Nogueira (Rainha do Folclore do Boi Garantido) e Troup Tribal
Apresentação dos Grupos concorrentes ao título do Festival
Ingresso individual: R$ 10 Mesa: R$ 50

28/11/2015 – Sábado
Início as 20h
Shows com atrações musicais
Apresentações especiais
Apuração do concurso e premiação.
Ingresso individual: R$ 5 Mesa: R$ 40

Realização: Grupo Troup Tribal
Contatos: 96 991836920

Paulo Rocha

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: