Educa

Operação Traíra combate crimes na fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru

EBC – O Comando Militar da Amazônia está realizando operações combinadas entre as forças militares brasileiras e a dos países da Colômbia e Peru, na faixa de fronteira da Amazônia Brasileira.A 16ª Brigada de Infantaria de Selva de Tefé(AM) está realizando ações por meio do Destacamento Japurá, Destacamento Curupaiti e Destacamento Solimões. Esses destacamentos são integrados por tropas de combate e apoio que integram a Brigada das Missões.

Na região do Alto Solimões, as atividades da Operação Traíra começaram no domingo(3) e seguem até 29 de abril, através de ações de controle as embarcações fluviais e condutores de veículos nas cidades, para combater ilícitos e fortalecer a segurança na fronteira, como informou o General Edson Rosty da 16ª Brigada de Infantaria de Selva de Tefé em entrevista a Rádio Nacional do Alto Solimões.
“Já iniciamos as ações em todas as localidades dessas regiões, são ações típicas do emprego de embarcações fluviais, com postos de controle e verificação de documentos, ações contra todos os ilícitos transnacionais e transfronteiriços, fortalecendo as coordenações do exército com as agências do governo que estão presentes na região, agências civis e órgãos de segurança pública, para poder estreitar os laços, as coordenações, a troca de conhecimentos, para que as ações, planejamentos e execuções de ações futuras sejam mais produtivas”, afirmou.

General Edson Rosty ressaltou que para o sucesso de operações como esta, é importante a parceria com as demais instituições de segurança do Brasil e também dos países vizinhos: “O segredo do sucesso desse tipo de operação está no trabalho entre as agências, entre a coordenação do exército da marinha, da força área que especificamente é muito forte nossa coordenação com a marinha, os países vizinhos, com a Colômbia e o Peru por causa da tríplice fronteira e as nossas agências do governo”, destaca.

A assessoria do Exército Brasileiro informou que depois destas ações já está programada a Operação Aghata, além dos trabalhos para os Jogos Olímpicos 2016, em agosto.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.