BR-210 no Amapá é fechada em protesto contra quedas de energia

Educa

éO problema das constantes quedas de energia provocou uma série de protestos na cidade dePedra Branca do Amapari, a 183 quilômetros de Macapá. São pelo menos seis dias com cortes constantes na energia elétrica, com prejuízos para comerciantes, prédios públicos e na educação, onde os alunos estão sendo dispensados mais cedo por falta de luz.

Entre as manifestações, moradores da cidade queimaram pneus e interromperam o tráfego na BR-210 na tarde de domingo (5). A rodovia federal é a única ligação do município com a capital Macapá. O trecho foi liberado minutos depois com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no mesmo dia.

Sobre o problema das interrupções, a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) explicou que a característica da região, com muitas árvores entre os cabos de transmissão, provoca constantes acidentes, muitos deles em áreas de difícil acesso. As fortes chuvas causam o contato entre os galhos e os cabos causando o curto-circuito.

Ainda de acordo com a CEA, a solução para o problema depende de decisão judicial, pois há mais de um ano a estatal teria contratado através de licitação uma empresa para atuar na manutenção e cortes de galhos nessas áreas, porém as empresas que perderam a disputa entraram com recurso, que está em tramitação. Com isso, não há previsão para início.

John Pacheco
Do G1 AP

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.