Benjamin Constant: casos sobre abuso sexual estão parados por falta de delegado

Conselheiro tutelar denuncia que há mais de 4 meses o município está sem delegado titular

Sete casos de abuso sexual em crianças foram registrados na última semana no conselho tutelar de Benjamin Constant, no Amazonas. A informação é do conselheiro tutelar André Luiz.

Segundo o conselheiro, todos os casos estão sendo acompanhados pelo órgão, no entanto, os andamentos dos processos estão parados pois o município está sem delegado titular para solicitar a prisão dos abusadores.

Há mais de 04 meses o município está sem delegado titular. Uma vez por semana o delegado de Tabatinga vai para Benjamin Constant atender os casos mais urgentes, e isso tem causado dificuldade para solução de processos.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas que encaminhou o assunto a Polícia Civil do Amazonas. O órgão informou que vai apurar a situação e deve emitir nota nos próximos dias.

EBC

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.