UPA cria planilha de amamentação para diminuir mortalidade infantil em Tabatinga

Segundo especialistas, o leite materno deve ser o alimento exclusivo dos bebês até os seis meses de idade

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tabatinga e a maternidade Celina Vila Criz Ruiz criaram uma planilha para acompanhar a amamentação dos bebês atendidos e mostrar a importância do leite materno.

A informação foi dada pela diretora das duas unidades, Pauline Campos, em entrevista ao programa Sentinela da Fronteira, da Rádio Nacional do Alto Solimões. Segundo ela um dos fatores que levou a criar este documento foi a incidência da mortalidade infantil em Tabatinga.“A mortalidade infantil está relacionada com amamentação, a gente sabe que 13% das mortes poderiam ser evitadas se estivesse amamentando, então amamentação salva vidas.”, explica.

Agosto é o mês da amamentação e campanhas por todo o país reforçam a importância do leite materno nos primeiros meses de vida da criança. Segundo especialistas, o leite materno deve ser o alimento exclusivo dos bebês até os seis meses de idade.

EBC

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: