UPA, em Tabatinga, vai criar posto de coleta de leite materno

Educa

A diretora explicou que, após o credenciamento, será feita uma campanha na cidade explicando às mães como doar leite

A Maternidade Celina Villacrez Ruiz, em Tabatinga, no Amazonas, quer criar um posto de coleta de leite humano no município e para isso busca o credenciamento do Hospital Amigo da Criança. A diretora da maternidade, Pauline Campos, declarou que o objetivo é criar um estoque de leite para as mães que não conseguem amamentar.

“Agora a gente tem um posto de coleta de leite humano, as mães que amamentam, aquelas que tem bastante leite, elas podem ir até na unidade pra fazer a doação, esse leite irei encaminhar pra Manaus, para o banco de leite da a Maternidade Ana Braga, e a gente vai ter disponível para as mães que não conseguem amamentar e aos bebês muito prematuros, para que a gente não dê leite artificial porque não tem anticorpos nenhum, e que a gente ofereça do banco o leite para salvar vida desses bebês que a mãe não consiga amamentar.”  A diretora explicou que, após o credenciamento, será feita uma campanha na cidade explicando às mães como doar leite.

Neste período em que o posto ainda não está em funcionamento, as mães com muito leite são incentivadas a doar, o leite pode ser retirado na própria maternidade, como explica Pauline. “A gente incentiva que as mães tirem leite dentro da unidade para dar aqueles bebês que não conseguem sugar. A gente dá copinhos, essa ação pra retirar leite da mãe, a gente sempre mantém na unidade, é uma ação em conjunto, com todos, nutricionistas, pediatras, enfermeiras, todas incentivam a isso.”

Quando for criado, o posto de coleta vai levar o nome de Mediana Ribeiro, em homenagem à enfermeira de mesmo nome natural de Tabatinga, e apoiadora do projeto.

EBC

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.