Projeto Usina do Conhecimento dispõe de vagas para visita em 2016

Educa

A Eletrobras Eletronorte, através da Regional de Geração e Transmissão do Amapá (OAP), ainda tem vagas disponíveis para os meses de outubro, novembro e dezembro para instituições de ensino públicas e privadas que desejam participar do Projeto Usina do Conhecimento.

Criado em 2005 com o objetivo de permitir o acesso à informação sobre a OAP e seus empreendimentos através da visitação nas instalações das Usinas Hidrelétrica Coaracy Nunes e Termelétrica de Santana, o Usina do Conhecimento já recebeu mais de seis mil visitantes de 50 instituições públicas e privadas, incluindo escolas de ensino fundamental, médio e superior que buscam conhecimento sobre o como funciona o parque de geração de energia elétrica do Sistema Amapá.

“O projeto é uma oportunidade para que os professores possam exemplificar tudo aquilo que é repassado em sala de aula em um modelo didático da realidade, visto que, os empreendimentos da Eletrobras Eletronorte demonstram a transversalidade dos conteúdos das diversas disciplinas exigidas na formação dos estudantes”, comentou o coordenador do Usina do Conhecimento, Denis Marques de Oliveira.

Com isso, os alunos aprendem, através de palestras ministradas pelos técnicos da Empresa, sobre os aspectos e impactos do meio ambiente nas instalações, e o modo como funcionam as Linhas de Transmissão, Subestações e Parques Geradores Térmico/Hidráulico.

Como participar

As instituições interessadas em participar do Usina do Conhecimento devem encaminhar correspondência para o escritório da Eletrobras Eletronorte, situado na Rua Paraná, número 1350, no bairro Santa Rita. “Pedimos que no ofício conste o objetivo da visita, uma sugestão de data com antecedência de 20 dias, relação dos visitantes, telefone e nome do responsável para contato”, disse a também coordenadora do projeto, Maria Raimunda Pantoja.

Escolas da rede pública estadual e municipal terão transporte disponibilizado pela Empresa. O projeto destina-se a alunos maiores de 12 anos de idade provenientes dos municípios de Macapá, Santana, Ferreira Gomes e Porto Grande.

Flávia R. de Queiroz Dias

Assessoria de Comunicação – OAP

(Tim) 98126-7816

Aprecie a boa música da Amazônia

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.