Governo inicia processo de ampliação e reforma dos presídios do Acre

Unidades prisionais passam por visita técnica para elaboração do plano de ampliação e reforma dos presídios. Foto: TJAC/Divulgação

As inspeções para a reforma nas unidades prisionais do Acre começaram em janeiro deste ano. Técnicos da Secretaria de Obras Públicas (Seop) realizaram visitas em unidades prisionais do interior do Estado para analisar a estrutura dos presídios.

Na oportunidade, foi realizado um levantamento para elaboração do plano de reforma da unidade prisional Quinari, em Senador Guiomard, para onde serão destinados mais de R$ 2 milhões.

O presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, também foi vistoriado. As obras estão orçadas em mais de R$ 5 milhões.

“Em fevereiro será realizada a licitação para que a empresa vencedora do certame possa executar as obras nas unidades prisionais, pois a visita visa colher informação para a conclusão do projeto de ampliação dos presídios do Acre”, explicou o arquiteto e gerente de infraestrutura do Iapen, Paulo Noronha.

O gerente diz ainda que na unidade de Sena Madureira foram estimadas a ampliação de mais de 300 novas vagas, novas guaritas na muralha e no controle de acesso, recuperação da rede de esgoto e de abastecimento de água, entre outras reformas estruturais.

Essas obras fazem parte dos R$ 44 milhões do Fundo Penitenciário Nacional (FPN). “Após a conclusão do projeto de reforma e ampliação desta unidade, as próximas a serem vistoriadas serão as de Feijó, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e, por fim, Rio Branco”, enfatizou Noronha.

 

Agência de Notícias do Acre

Deixe uma resposta