AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Coreia do Sul acredita que o Norte tem uma arma nuclear do tamanho de uma ogiva

Ministro da Defesa sul-coreano fez a revelação ao Parlamento; China protestou contra o teste nuclar

A Coreia do Sul acredita que a Coreia do Norte miniaturizou com sucesso uma arma nuclear, ao tamanho de uma ogiva, declarou nesta segunda-feira o ministro da Defesa, Song Young-Moo.

“Acreditamos que entra em um míssil balístico intercontinental”, afirmou Song Young-Moo aos deputados no Parlamento, um dia depois do teste nuclear mais potente de Pyongyang até o momento.

Os sul-coreanosl reforçaram a presença de soldados no entorno da zona desmilitarizada fronteiriça à Coreia do Norte, na Ilha de Ganghwa, no temor de que os norte-coreanos podem estar preparando outro lançamento de míssil, depois da declaração de que o país tem uma bomba de hidrogênio.

Protesto da China

A China afirmou nesta segunda-feira que apresentou um protesto diplomático a Coreia do Norte após o teste nuclear realizado pelo regime de Pyongyang, o de maior potência até o momento.

Pequim “apresentou firmes advertências à pessoa responsável pela embaixada da RDPC (República Democrática Popular da Coreia) na China”, afirmou o porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Geng Shuang.

“A China se opõe ao desenvolvimento pela Coreia do Norte de seu programa nuclear e balístico e nos comprometemos com a desnuclearização da península. Esta posição é conhecida e a Coreia do Norte também a conhece perfeitamente”, completou.

A Coreia do Norte anunciou no domingo que testou com sucesso uma bomba de hidrogênio, o que provocou uma avalanche de críticas da comunidade internacional.

Japão e China

Japão e China não detectaram em seu meio ambiente substâncias radioativas procedentes do teste nuclear norte-coreano, indicaram nesta segunda-feira de modo separado os dois governos.

“Não detectamos nada em particular nos monitoramentos realizados no país”, afirmou Yoshihide Suga, porta-voz do governo japonês.

Via Estado de Minas

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: