Feira de Orientação Vocacional pretende auxiliar estudantes na escolha do curso superior e carreira profissional

A evasão acadêmica das instituições públicas de ensino superior no Brasil é atribuída a vários fatores. Entre eles, falta de conhecimento sobre o curso/profissão que se almeja é apontado pelos especialistas com um dos principais. Por falta de informações, os jovens se deparam, por vezes, com uma realidade diferente daquela imaginada após ingressar na universidade.

Para tentar auxiliá-los, tirar-lhes as dúvidas e seguir na busca do melhor caminho na escolha do curso superior, o Programa de Inclusão, Acesso e Permanência (PIAP) da Universidade Federal do Amapá (Unifap) irá promover a Feira de Orientação Educacional no dia 27, no Ginásio Poliesportivo da instituição.

A Feira é parte integrante da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT).  Os organizadores esperam chegar a um maior número de candidatos a uma vaga no ensino superior dado o elevado fluxo de estudantes na Unifap durante a SNCT. “Esperamos reduzir a possibilidade de desistência desses futuros acadêmicos e, consequentemente, fortalecer suas condições de permanência na Universidade”, informou o organizador da Feira, professor Kelton Belém.

Estandes temáticos com informações de 34 graduações da Unifap estarão expostos ao longo do ginásio. Alguns cursos farão excursões para mostrar os blocos de salas de aula, laboratórios e outras ações farão parte da dinâmica.   Jovens que estão concluindo ou cursando o ensino médio (ou que concluíram recentemente) e almejam continuar os estudos em nível superior são o público-alvo. A organização prevê que entre 800 a 1100 alunos das escolas públicas e particulares de Macapá, Santana e Mazagão visitem a Feira. O evento estará aberto ao público das 14h às 18h.

Kleber Soares (DRT 185/AP)
Assessoria de Comunicação (UNIFAP)

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: