AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

O valor do PIB do Estado do Amapá em 2015 foi de R$ 13,86 bilhões.

O estado manteve a participação de 0,2% da economia do País e observou retração em volume de 5,5%.

Eletricidade e gás, água e esgoto, atividades de gestão de resíduos e contaminação e Atividades imobiliárias tiveram os maiores ganhos em participação no valor,

enquanto Comércio, manutenção e reparação de veículos automotores e motocicletas e Atividades profissionais, científicas e técnicas, administrativas e serviços complementares foram os que mais perderam valor relativo.

Na Agropecuária, com valor agregado de R$ 269,31 milhões, a participação do setor no total do valor adicionado bruto do estado manteve-se relativamente baixa, saindo de 2,2% para 2,1%.

Agricultura, inclusive apoio à agricultura e póscolheita, caiu 5,3% em volume, enquanto a Pecuária, inclusive apoio à pecuária verificou queda de 15,2% em volume.

Na Indústria, com valor de R$ 1,66 bilhões e redução em volume de 16,2%, o destaque foi Construção, que variou -17,9% nesse quesito.

O resultado reflete os desempenhos na construção de edifícios e obras de infraestrutura.

Cabe mencionar ainda que, em Eletricidade e gás, água e esgoto, atividades de gestão de resíduos e contaminação, a entrada do estado no Sistema Interligado Nacional (SIN) de distribuição de energia elétrica,

implicou em elevação de produção, além de redução de custos que impactou o resultado corrente da atividade.

No setor de Serviços, que em 2015 representou 85,1% do valor adicionado bruto do Amapá, o resultado em valor atingiu R$ 10,96 bilhões.

Destaca-se o acréscimo em participação de Atividades imobiliárias, que subiu de 8,9% para 10,3%,

enquanto Administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social, atividade de maior peso na economia do estado, perdeu participação relativa e caiu de 44,3% para 43,7%.

Em volume, o setor decresceu em 4,1%, em que pesou a retração de 14,5% da atividade Comércio, manutenção e reparação de veículos automotores e motocicletas.

IBGE

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: