Circuito Cultural ensina valores na Escola José Alves Maia

Estudantes da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor José Alves Maia, na avenida Senador Lemos, no bairro da Sacramenta, em Belém, aproveitaram a sexta-feira (24) para aprender sobre valores essenciais para a vida em sociedade, por meio do Circuito Cultural.

“A escola possui 1.800 alunos e no Circuito eles trabalharam valores, como o respeito ao outro, prevenção e combate ao bullying e violência de uma maneira geral, a convivência com as diferenças, combate à intolerância religiosa e, em particular, a pichação”, afirmou a diretora da escola, Denise Luz.

A temática da pichação foi trabalhada a partir do fato de que a escola vinha sendo alvo desse tipo de ação. A proposta da comunidade escolar foi substituí-la pela grafitagem. Os próprios estudantes elaboraram as frases e desenhos, em seguida colocaram a mão na massa, ou seja, grafitaram o muro da unidade de ensino. Os trabalhos abordam justamente os valores preconizados na programação cultural.

Para os alunos, a iniciativa da grafitagem no muro da escola foi uma experiência inesquecível. “Grafitar na escola é um trabalho de cidadania, fizemos um grafite que destaca a moral e a ética”, disse o estudante Vitor Moreira. “Na grafitagem do muro demos visibilidade a toda diversidade, a não violência e contra a homofobia, a união dos alunos nesta tarefa foi importante, mas a ajuda dos professores Roberto e Brenda foi fundamental”, destacou o aluno Andrei Siqueira.

O Circuito Cultural também mobilizou os estudantes em atividades como teatro – foi apresentada a peça “A Barca”, com texto do professor Fernando Guarany; um cortejo cultural intitulado “Auto do Preconceito” e exposição de trabalhos e charges dos alunos sobre valores familiares, redes sociais e meio ambiente, entre outros temas.

Professores tiveram participação intensa na mobilização dos estudantes e na montagem dos espaços para desenvolvimento das atividades na programação. Na área central da escola, estudantes do Ensino Fundamental I (de 6 a 10 anos de idade) se reuniram com os professores para assimilarem a mensagem pintada na escadaria do local.

Com o tema central “Valores que temos e os que queremos construir para as nossas vidas’, o Circuito Cultural prosseguiu à tarde na Escola José Alves Maia.

Por Eduardo Rocha

O que você pensa sobre este artigo?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: