Membros do TCE/AP compõe conselho fiscal da Atricon e IRB

O Tribunal de Contas do Estado do Amapá (TCE/AP) pela segunda vez integra a diretoria da Associação dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e do Instituto Rui Barbosa (IRB), o conselheiro substituto Pedro Aurélio é um dos suplentes do conselho fiscal da Atricon e a conselheira Maria Elizabeth Cavalcante de Azevedo Picanço compõe o conselho fiscal do IRB.

As Eleições foram realizada na última quinta-feira (23), durante o XXIX Congresso dos Tribunais de Contas do Brasil, que elegeram por aclamação os conselheiros Fábio Nogueira do TCE da Paraíba para presidir a Atricon pelo biênio 2018-2019 e o conselheiro o conselheiro Ivan Lelis Bonilha do TCE do Paraná, em igual período.

Para o novo presidente Fábio Nogueira, o momento político-institucional brasileiro pede que os Tribunais de Contas se aproximem ainda mais da população. “Esta é uma meta desafiadora. É essencial que nos comprometamos em alcançar a confiança dos brasileiros. É primordial que se nutra no cidadão o sentimento de aliança, de pertencimento, a certeza de que os Tribunais de Contas representam os mais legítimos interesses da cidadania”.

“A direção da Atricon para o biênio 2018-2019 foi pinçada no universo de ínclitos membros dos TCs brasileiros e sua formação se deu ao cabo de uma longa discussão, em que se consideraram inúmeros elementos. Preponderou a democracia, em todos os instantes e instâncias”, explicou o conselheiro Fábio Nogueira.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.