O fone de ouvido que é capaz de traduzir 15 idiomas praticamente ao vivo

Com a globalização e opções cada vez mais baratas de transporte e acomodação, viajar para outro país se tornou mais acessível.

Enquanto muitos de nós adoraríamos nos tornar fluentes em outras línguas, pode ser difícil ou quase impossível aprender os idiomas de todos os países na nossa lista de destinos dos sonhos.

Por mais que o desafio de lidar com a barreira da língua faça parte do charme da viagem a lazer, eventualmente as barreiras de comunicação acabam se tornando um problema em determinadas situações.

Comunicar-se com pessoas que não falam a nossa língua materna continua sendo um desafio para muitos de nós, muitas vezes não por causa de viagem. Você pode estar fechando um acordo de negócios, lidando com uma emergência ou com pressa de chegar a algum lugar. Não há dúvidas de que às vezes seria bom se todos falássemos a mesma língua.

Os avanços na tecnologia indicam que isso pode ser um problema do passado muito em breve. A companhia de produtos inovadores Waverly Labs, criada em 2014 por Andrew Ochoa, criou um fone de ouvidos tradutor de idiomas chamado Pilot e um aplicativo que o acompanha e garante seu funcionamento. Pelo invento, recebeu o prestigiado prêmio de tecnologia Beazley Designs of the Year em 2017.

“É um prêmio de grande importância para nossa equipe, um reconhecimento não só pela estética mas pela nossa engenharia”, diz Ochoa.

Então como funciona o fone de ouvido Pilot? Ele usa uma variedade de algoritmos que anulam ruídos para ouvir as palavras de um usuário para outro.

“Essas palavras são enviadas à nuvem, onde é processada através de reconhecimento de fala, tradução robô e e síntese de fala antes de ser enviada de volta ao usuário e qualquer outro usuário de Pilot que estiver sincronizado na conversa”, explica Ochoa. “Isso acontece com um pequeno atraso, geralmente milisegundos”.

Mais em Terra Brasil

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.