Sucatas que obstruem espaço público são fiscalizadas em Macapá

Fiscais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh) estão recebendo várias denúncias da população referentes aos abusos cometidos pelos proprietários de sucatas localizadas em Macapá. O problema é que as calçadas e, em muitos casos, até mesmo a rua estão sendo utilizadas como depósitos para carcaças de veículos, entre outros materiais.

A ação começou a ser realizada em uma sucata localizada no bairro Buritizal, que recebeu uma notificação com prazo de 24 horas para que o material seja retirado do local. “Assim como nas ações de desobstrução por trailers, material de construção, depósitos de gelo, entre outros casos, as sucatas também terão que se adequar e guardar seus materiais apenas dentro de seus depósitos, e não nas calçadas”, diz a titular da Semduh, Telma Miranda.

Se após o prazo o responsável não fizer a limpeza do local, o material será apreendido e o empresário terá que pagar multa. As denúncias podem ser feitas por meio do Disk Ouvidoria (98802-8129).

Patricia Leal

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.