Dicas práticas para gerenciar as emoções no ambiente de trabalho

Educa

Aprenda a separar seus sentimentos da sua vida profissional.

Gerenciar as emoções significa reconhecê-las em nós mesmos, nos outros e utilizar essa conscientização para administrar relacionamentos, tomar decisões e gerenciar o estresse. Tudo isso com o intuito de gerar bem-estar e alta performance nas atividades diárias.

Neste artigo, fiz uma lista de dicas práticas sobre como gerenciar as emoções no ambiente de trabalho. As dicas estão divididas nas 5 dimensões do modelo EQi 2.0 de inteligência emocional

Desenvolvendo a autopercepção

No dia a dia, encontre momentos em que você esteja consciente do que está sentindo. Pare, respire e reflita: aonde estou, o que estou fazendo e o que estou sentindo. Essa é uma dica para desenvolver a consciência emocional.

Tenha consciência sobre quais são os seus pontos fortes e fracos. Para isso, pergunte para colegas de trabalho, líderes e liderados. Isso o ajudará a desenvolver a autoestima e a autoconfiança.

Tenha clareza do porquê você faz o que faz, o que o move e inspira. Dedique-se a estudar e documentar o seu propósito. Essa é uma dica para desenvolver a autorrealização (vontade de se desenvolver continuamente e dar o melhor de si)
Desenvolvendo a autoexpressão

Se você precisa de algo, diga. Muitas vezes nos ressentimos com pessoas que não atendem as nossas expectativas, mas nem sequer nos permitimos explicitá-las. Lembre-se: ninguém sabe o que se passa dentro de você.

Quando estiver com a “cabeça quente”, evite responder a e-mails. Se chegar a redigi-los, deixe-os salvos na caixa de rascunho e só os envie após modular o “tom”.

Acolha a opinião dos outros sobre você, mas não se deixe manipular por elas. Tome suas decisões por você mesmo. Ninguém pode viver a sua vida por você.

Veja mais no site Administradores

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

INFORME SOCIAL - EVENTO DESTA SEGUNDA-FEIRA 18/11 NA ORLA DO PERPÉTUO SOCORRO