Incêndio em shopping na Sibéria deixa ao menos 64 mortos e dezenas desaparecidos

Educa

Bombeiros continuam procurando vítimas entre os escombros do centro comercial de 1.500 metros quadrados, cujo teto desabou

Rio – Pelo menos 64 pessoas, incluindo nove crianças, morreram e dezenas continuam desaparecidas após o incêndio deste domingo que destruiu um shopping na cidade russa de Kemerovo, na Sibéria ocidental.

Os serviços de emergência e os bombeiros continuam procurando vítimas entre os escombros do centro comercial de 1.500 metros quadrados, cujo teto desabou, informou a imprensa local.

De acordo com a porta-voz da unidade local do ministério das Situações de Emergência, Borisa Dediujina, pelo menos nove crianças estão entre as vítimas fatais.

O governo local, que anunciou três dias de luto, afirmou que encontrou “diversas violações” das normas de segurança no shopping center, incluindo a ausência de sinalização em caso de incêndio e as saídas de emergência fechadas na sala de cinema onde a tragédia teve início.”A questão é saber por quê as portas estavam fechadas”, afirmou, indignado o vice-governador da região, Vladímir Chernov.

O presidente russo Vladímir Putin expressou “profundas condolências” aos parentes das vítimas, anunciou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

Um menino de 11 anos e uma jovem de 18 anos que saltaram do terceiro andar para escapar das chamas se encontram em estado grave, informou a ministra da Saúde, Veronika Skvortsova.

Outras nove pessoas estão hospitalizadas.

“Os feridos se encontram em um estado quase satisfatório, mas muitos perderam parentes no incêndio e alguns seus filhos”, declarou a ministra da Saúde.

O incêndio teve início no terceiro e último andar do centro comercial, que fica na avenida Lenin, no centro de Kemerovo.

Veja mais em O Dia

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

INFORME SOCIAL - EVENTO DESTA SEGUNDA-FEIRA 18/11 NA ORLA DO PERPÉTUO SOCORRO