Educa

Espanha condena brasileiro a 8 anos de prisão por ligação com o Estado Islâmico

Preso em 2014 na Bulgária, Kaique Guimarães foi condenado junto a outras dez pessoas a passar oito anos na prisão por planejar atentados a Barcelona

O brasileiro Kaique Luan Ribeiro Guimarães foi condenado junto a outras nove pessoas a cumprir oito anos de prisão por integrar um grupo terrorista associado ao Estado Islâmico . A setença foi proferida nesta quarta-feira (11) pela justiça da Espanha, que impôs a pena de oito anos de detenção ao brasileiro e a outros seis réus, enquanto três suspeitos apontados como líderes da organização terrorista receberam pena de 12 anos de cadeia.

Nascido no município de Formosa, em Goiás, Kaique foi preso ao lado de dois marroquinos pelas autoridades da Bulgária no fim de 2014 , quando o brasileiro tinha 18 anos de idade e seguia viagem em direção à fronteira com a Turquia. Ele foi acusado de ter deixado o território espanhol, onde vivia, para se juntar ao Estado Islâmico na Síria.

À época, os jovens alegaram que estavam apenas fazendo uma viagem turística e que seguiriam para a Grécia. Kaique ficou detido na embaixada do Brasil em Sófia e chegou a receber assistência do Itamaraty, mas ainda assim ele e os demais jovens acabaram extraditados de volta à Espanha já no início de 2015.

Veja mais no Último Segundo – iG

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: