Fotografia de comida é tema de curso no Sebrae

objetivo é capacitar empresários de bares, restaurantes, lanchonetes e segmentos similares, cadastrados no Sebrae, pelo Projeto Alimentação Fora do Lar

 

Denyse Quintas

Colaboração: Nelma Pires

O Sebrae realiza o Curso de Fotografia de Comida, em duas turmas; a primeira de 21 a 23 de maio, das 18h às 22h; a segunda no período de 28 a 30 de maio, das 14h às 18h, na sede da instituição em Macapá, na Sala Ferreira Gomes. 

 

Na capacitação, são compartilhadas dicas simples, fáceis e econômicas para melhorar as fotos sem ter que investir em equipamentos caros. O curso é inédito, mescla aula teórica e prática e se apresenta como uma oportunidade para quem diariamente usa imagem para divulgar produtos nas redes sociais. 

 

Segundo a gestora do Projeto Alimentação Fora do Lar no Sebrae, Nelma Pires, a fotografia de comida é muito peculiar e tem uma linguagem diferenciada, cada aula irá ajudar o participante a perceber essas nuances, treinar o olhar, além de receber dicas para conseguir bons resultados.

 

“Uma foto não tem aroma e nem sabor, e é por isso que as fotografias de alimentos tem sua importância na gastronomia, precisam ser visualmente atraentes e marcantes, a fim de que possam estimular os outros sentidos de quem a observa. Ela tem o poder de aguçar a imaginação, fazendo com que uma pessoa sinta o aroma, o sabor, a temperatura e a textura do alimento, somente olhando a fotografia.  Esse é o propósito da capacitação, que cada participante encontre o tempero certo para suas fotos atraírem mais clientes e comunicarem a história de seu empreendimento”, disse a gestora do Projeto Alimentação Fora do Lar no Sebrae, Nelma Pires.

 

A capacitação será ministrada pelo fotógrafo profissional, Alexandre Brito. O treinamento é direcionado aos amadores e iniciantes. O investimento é de R$ 60 reais por participante. As turmas disponibilizam 15 vagas.

 

Alexandre Brito

 

Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal do Pará (2003), Especialização em Artes Visuais pelo SENAC/AP (2008) e Mestrado em Educação (UFRRJ/2014). Foi gerente do Museu da Imagem e do Som do Amapá entre 2009 e 2012. Cineclubista, fotoclubista e professor dos cursos de Comunicação Social da Faculdade Estácio Seama (AP) de 2005.2 a 2014.2, além de tutor na Especialização em Artes Visuais do Senac/AP. Faz parte da coordenação do Festival Imagem-Movimento (FIM) desde 2004. Tem experiência na área de Comunicação Social, atuando principalmente nos seguintes temas: cinema, vídeo documentário, jornalismo impresso, vídeo, fotografia. Desempenha atualmente o cargo de Assessor de comunicação no Campus Macapá do Instituto Federal do Amapá (Ifap).

Deixe uma resposta