Como construir um slogan profissional?

Em uma época de vagas escassas, ter um rótulo de boa reputação pode fazer toda a diferença na hora da contrataçãoRegionalização do setor

Boa parte dos bens de consumo tem no rótulo um slogan que define rapidamente sua identidade. As empresas e seus publicitários empregam muitas horas para descobrir quais são as palavras que melhor definem tais produtos e que, ao mesmo tempo, sejam atraentes e apreciadas pelos seus consumidores. Vale lembrar o exemplo mundial da Coca-Cola, por exemplo (“Abra a felicidade com Coca-Cola”). Outras companhias ainda trabalham sua grife de tal forma que à simples menção do slogan já se identifica a marca.

Os trabalhadores, de certa forma, também criam seus rótulos, querendo ou não, e por eles podem ser conhecidos e reconhecidos. Quem não gostaria de contratar Gustavo Kuerten? Ninguém precisa sequer pensar em tênis, pois o nome se confunde com o esporte. Da mesma maneira que o nome de Gustavo Borges sugere natação.

Já no caso do funcionário, existem os que percebem os benefícios de ter seu nome associado ao crachá de alguma empresa. É perfeitamente perceptível que esses profissionais desenvolvem um comportamento pessoal e público de forma a construir, lenta ou rapidamente, o conceito da melhor palavra que define sua vida profissional. Assim surgem o eficiente, o jeitoso, o duro na queda, o profundo, o detalhista, o que sempre entrega, o pontual. E daí? Em uma época de escassas vagas, ser precedido por um rótulo apropriado e de boa reputação pode fazer toda a diferença na hora da contratação. Isso vale também para a manutenção do emprego, ou mesmo nos casos de promoções internas. E como não poderia deixar de ser, nos cortes e enxugamentos, os funcionários com pior reputação são os primeiros demitidos.

Saiba mais na Revista Amanhã

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.