Governo reduz previsão do PIB e aumenta expectativa da inflação para 2018

Previsões constam no relatório bimestral de receitas e despesas, divulgado pelo Ministério do Planejamento. Expectativa do PIB caiu de 2,5% para 1,6%

O Ministério do Planejamento divulgou nesta sexta-feira (20) o relatório bimestral de avaliação das receitas e despesas e reduziu de 2,5% para 1,6% a previsão de crescimento da economia brasileira em 2018. Além disso, o governo federal também aumentou a expectativa da inflação de 3,4% para 4,2%.

Essa foi a segunda vez consecutiva que o governo alterou para baixo a previsão do PIB (Produto Interno Bruto), que é a soma das riquezas produzidas pelo país em um período determiando de tempo, no caso, o ano de 2018.

Isso é sinal de que a economia não está caminhando como planejado pelo governo. A previsão inicial era de crescimento de 2,97% e foi revisada, ainda em maio, para 2,5%. Agora, no entanto, a queda foi ainda mais acentuada.

Essa queda de expectativa, no entanto, tem explicação. Ela é devida aos resultados de indicadores que mostraram que a recuperação econômica está mais lenta do que o esperado e também consolidaram os impactos negativos da crise de abastecimento provocada pela greve dos caminhoneiros.

Veja mais no Economia – iG

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: