Educa

Polícia prende os primeiros suspeitos do caso Marielle

Ordens de prisão são cumpridas em 15 endereços no RJ e em Juiz de Fora; alvos são milicianos

A Polícia Civil do Rio de Janeiro cumpre nesta quinta-feira (13) os primeiros mandados de prisão contra suspeitos de envolvimento com o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e seu motorista Anderson Gomes, em março.

Segundo o canal Globo News, as ordens emitidas pela Justiça atingem milicianos e são cumpridas em 15 endereços no Rio de Janeiro, Petrópolis, Angra dos Reis e em Juiz de Fora (MG). A Justiça emitiu mandados de prisão temporária e de intimação para depoimentos. A atuação de milicianos é a principal linha de investigação do crime.

Em nota, a polícia informou que os mandados são referentes a inquéritos policiais instaurados na Delegacia de Homicídios “e que transcorrem de forma paralela às investigações do caso Marielle e Anderson”. De acordo com a nota, “a medida é uma ferramenta voltada à inviolabilidade e ao sigilo das informações coletadas no bojo do inquérito policial principal”.

Saiba mais no site da Veja

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.