Educa

Hemoap inicia campanha para manter estoque de sangue

Durante o mês de janeiro as doações costumam cair em torno de 20%. Por isso, o hemocentro intensifica as ações para atrair mais voluntários.

Por: Claudia Cavalcanti

O Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) iniciou nesta terça-feira, 15, a campanha “Hemoap não tira férias”, com objetivo de atrair doadores para reforçar o estoque da unidade, que está crítico.

A contadora Lidiane Monteiro, 32 anos, foi acompanhada da filha, a pequena Yasmin, 6 anos, para realizar a sua primeira doação. Para ela, o incentivo veio após ver a campanha convocando doadores. “Este é um ato de amor, estamos ajudando outras pessoas, sempre vemos na internet o pessoal pedindo doações. Aproveitei que estou de férias e fiz esse planejamento de vir até aqui. Pretendo me tornar uma doadora frequente”, avisou Lidiane.

A programação irá continuar ao longo do mês de janeiro. No dia 24, haverá o sorteio de brindes especialmente para as mulheres, através do “Doa Mulher”, campanha que buscar incentivar a adesão de mulheres na doação de sangue. E no dia 25 serão sorteadas 20 cortesias para a Associação Atlética Banco do Brasil (AABB).

A chefe do Serviço de Captação e Orientação Social do Hemoap, Marcela Vales, explicou que existe uma queda esperada de 20% nas doações durante o mês de janeiro, mas que a campanha vem para impedir que esse número cresça.

Segundo ela, fatores como o período de férias escolares e as fortes chuvas influenciam diretamente no estoque, uma vez que o doador viaja com a família ou fica retido em casa por conta do período chuvoso, causando essa queda.

“Esse cenário é bem parecido em todos os hemocentros, principalmente os da região Norte do Brasil, por isso, fazemos campanhas conscientizando o doar sangue e atrair novos doadores”.

O estoque está crítico principalmente dos tipos sanguíneos O-, B- e A-. Paralelo a campanha, o Hemoap aciona os doadores que têm esse tipo sanguíneo.

Como ser doador de sangue

Para se tornar um doador voluntário, a pessoa precisa estar saudável, pesar mais de 50 kg, ter entre 16 e 69 anos – menores de 18 anos somente com autorização dos responsáveis e maiores de 60 anos, se já forem doadores assíduos.

O doador precisa estar descansado e alimentado. Antes de doar, a pessoa passa pela triagem clínica, onde é feito um questionário sobre a saúde e a vida do voluntário para tentar identificar todo o fator que o deixe inapto, temporariamente.

Uma única doação pode ajudar a salvar até quatro vidas, pois a bolsa de 450ml doada passa por um processo de fracionamento, onde se extraem quatro componentes do sangue: concentrado de hemácias, o concentrado de plasma, plaquetas e o crioprecipitado.

O horário para as doações no Hemoap é de 7h30 às 12h. O instituto fica localizado na Rua Jovino Dinoá, esquina com a Avenida Raimundo Álvares da Costa, bairro Central, em Macapá.

Fonte: Governo do Amapá

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: