Aula prática reúne mulheres de curso de capacitação em obras do Mercado Central

Educa

Participantes do Curso de Construção Civil, promovido pela Prefeitura de Macapá, tiveram aulas práticas nas obras do Mercado Central. A ação conta como parte das atividades curriculares da capacitação. Nesta etapa, as participantes aprendem métodos e técnicas de pintura. Na próxima fase, elas serão habilitadas a fazer o assentamento de cerâmicas, pisos e azulejos.

A Secretaria de Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec) destaca o incentivo dado pela gestão municipal para inserir as mulheres no mercado da construção civil. “Acreditamos que esse curso abrirá portas para que essas mulheres possam se inserir nesse mercado, que hoje é dominado por homens”, declara o titular da pasta, Isaias Carvalho.

“Está comprovado que as mulheres são mais detalhistas, têm um olhar mais apurado. Agora, o Mercado Central tem as mãos delas. Um ambiente que faz parte da nossa história, tendo seu acabamento feito pelas mãos dessas futuras profissionais”, concluiu o secretário Isaias. A prefeitura está capacitando 315 mulheres para o mercado de trabalho. Elas estão divididas em quatro cursos para atuar nas áreas da Construção Civil, Secretária Executivo, Beleza e Bem-estar, e Informática.

Elineide Silva, 43 anos, é uma das 105 mulheres beneficiadas pelo curso de Construção Civil. Ela faz parte da turma de 70 mulheres do turno da tarde que participam das atividades na obra do mercado. A aluna incentiva que mais mulheres busquem por qualificação profissional. “Será fundamental sair daqui com meu certificado, sabendo que aprendi e tive preparação. Aqui tem muita mulher com o objetivo de conseguir um trabalho, e sabemos que as portas se abrirão. Saber assentar uma lajota e pintar uma parede não é só para homens, mulher não é só dona de casa. E que possamos trabalhar por nós mesmas e gerar emprego para outras pessoas também”, contou.

Simultaneamente, o Município qualifica outras 105 mulheres para atuar no ramo da beleza e bem-estar. As turmas estão divididas nos turnos manhã e tarde, em três módulos. A expectativa é que pelo menos 70% das concluintes desta qualificação tenham, além do conhecimento específico da ocupação, o desenvolvimento de potencialidades relacionadas à área comportamental, com ênfase no trabalho em equipe, relações interpessoais, direitos e deveres do trabalhador, saúde e segurança no trabalho e orientação profissional.

Ao final do curso, as participantes receberão certificados e estarão aptas a inserção no mercado de trabalho por meio de cadastramento em programas específicos dos entes públicos para empregabilidade e também aumentar a renda familiar. Este é o segundo curso de capacitação que beneficia a população local. A prefeitura já capacitou 380 empreendedores populares que atuam na área da alimentação.

Sávio Almeida

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.