Viva Maria: O que indigna é o descaso com a vida humana, diz Cristina Serra sobre Brumadinho

Consternados com mais uma tragédia ambiental de proporções avassaladoras, dedicamos esta edição de hoje do nosso Viva Maria à sofrida população de Brumadinho!

Ah, José, como você, quero ir para Minas, mas Minas não há mais. José, e agora? Resta- nos a poesia imortal e profética de Drummond, que, em sua Lira Itabirana, publicado em 1984, no jornal Cometa Itabirano, já havia criticado o efeito da mineração em seu estado natal extensivo a todo o Brasil:

“ O Rio? É doce.
A Vale? Amarga.
Ai, antes fosse
Mais leve a carga.

Entre estatais
E multinacionais,
Quantos ais!

A dívida interna.
A dívida externa
A dívida eterna.

Quantas toneladas exportamos
De ferro?
Quantas lágrimas disfarçamos
Sem berro?

Acredito que tanto quanto nós aqui, vocês que, de alguma forma, são os guardiões do lado mais vivo da natureza da gente, estejam com o coração enlameado, como a jornalista Cristina Serra, autora de um livro sobre a Tragédia em Mariana, a história do maior desastre ambiental do Brasil. Como se sente Cristina?

EBC

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: