Educa

Atleta indígena do Amazonas de 13 anos é destaque em competições de wakeboard

Ele tem apenas 13 anos e já conquistou 12 títulos em competições de wakeboard, esporte aquático praticado com uma prancha puxada por uma lancha.

Jair Paulino de Souza, conhecido como ‘Jajá do Wake’, é indígena da etnia karapãna e mora no bairro Tarumã-Açú, em Manaus. Ele conta que o interesse pela modalidade surgiu aos cinco anos de idade.

De olho nos Campeonatos Brasileiro e Latino de Wakeboard, que serão disputados respectivamente em maio e em outubro, no Brasil, Jajá viaja neste sábado (9) para Bragança Paulista, em São Paulo, onde participa de uma clínica da modalidade junto com o técnico. Até o dia 22 deste mês, ele espera aprender novas manobras e aperfeiçoar técnicas.

O jovem atleta fala dos sonhos para o futuro. Ele quer viver do esporte, ajudar a família e representar o Brasil em competições internacionais. 

Jajá do Wake recebe da Prefeitura de Manaus ajuda para custeio das passagens quando viaja para competir ou treinar. Mas o atleta indígena ainda espera conseguir patrocínio para outras despesas, como hospedagem, alimentação e transporte, que são pagas pela família e eventuais patrocinadores.

EBC

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.