Pelo 4º ano, telecomunicações lideram ranking de reclamações de consumidores

Educa

As empresas de telecomunicações foram, novamente, as campeãs de reclamações em 2018.

Os dados do portal consumidor.gov.br, ligado ao Ministério da Justiça, foram divulgados nesta sexta-feira (15), Dia Mundial do Consumidor.

De um total de mais de 609 mil reclamações, 40% são contra operadoras de telecomunicações.

É o quarto ano seguido que o setor lidera o ranking.

Em contrapartida, essas empresas tem o maior índice de resolução de problemas. 89% do total das reclamações no portal foram resolvidas pelas empresas de telecomunicações.

O segundo setor que mais recebeu reclamações foi o dos bancos, financeiras e administradoras de cartão, que ficou com 22% do total das reclamações no ano passado.

Em seguida, pela ordem, estão os bancos de dados e cadastro de consumidores, como o SPC e Serasa, em terceiro lugar, depois vem o comércio eletrônico, de vendas pela internet, que ficou em quarto, e o transporte aéreo, em quinto.

O setor de avião civil recebeu quase 5% do total das críticas do ano passado.

A média de solução dos problemas dos consumidores no portal é de 81% e o prazo médio de resposta foi de 6 dias e meio.

Em seminário no ministério da Justiça e Segurança Pública, o ministro Sérgio Moro destacou que a pasta dará prioridade a ações coletivas.

Entre as ações estudadas, está uma para inibir os telefonemas diários que algumas empresas fazem, sem autorização, tentando vender produtos, como explicou o secretário nacional do consumidor, Luciano Timm.

Presente no seminário do dia do consumidor, a Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, citou casos de abusos de empresas, como taxas de serviços bancários cobradas direto na conta corrente, a variação do preço de passagens aéreas em curto espaço de tempo e o uso indevido de informações privadas para manipular preços.

Em relação as reclamações que chegam por meio dos Procons nos estados, as 5 empresas campeãs de críticas dos consumidores são: primeiro a empresa Oi, depois a Vivo, também chamada de Telefônica.

Em seguida vem a Claro, que inclui também a NET, e em quarto colocado está a empresa TIM, todas da área das telecomunicações. Em quinto aparece o banco Bradesco, do setor financeiro.

EBC

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.