Educa

CadÚnico: inscritos têm direito à isenção do Enem 2019

Solicitação deve ser feita na Página do Participante

Nesta segunda-feira (01), começou o prazo para estudantes que irão realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 solicitarem a isenção no pagamento da inscrição na Página do Participante. Segundo a regra do programa, estudantes de família de baixa renda que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico) também podem solicitar isenção. Para isso, só é necessário informar o Número de Identificação Social (NIS) único e válido de acordo com o Decreto nº 6.135/2007. 

Pelos critérios, também estão isentos candidatos estudantes do último ano do ensino médio em escolas da rede pública, quem estudou todo o ensino médio também na rede pública de ensino ou como bolsistas integral em escolas particulares, tendo como renda, por pessoa, renda igual ou menor a um salário mínimo e meio.

Atenção, mesmo quem acessar o sistema para solicitar a isenção e for aprovado deve voltar na página do participante para realizar a inscrição, que acontece entre os dias 6 e 17 de maio. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro. No primeiro dia, os participantes responderão a questões de linguagens e ciências humanas e farão a prova de redação. Para isso, terão 5 horas e 30 minutos. Já no segundo dia, terão 5 horas para resolver as provas de ciências da natureza e matemática.

CadÚnico

O benefício do CadÚnico é disponibilizado às famílias que declararem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica e que tenham renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos. O prazo para pedido de isenção está aberto até 10 de abril e deve ser realizado no sistema do Enem.

Enem 2019

O Exame será realizado nos dias 3 e 10 novembro, dois domingos consecutivos. Com a nota, os candidatos podem utilizar nas seleções do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de Ensino Superior, no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que financia cursos em universidades privadas, e no programa Universidade para Todos (Prouni), que oferece bolsas de estudo.

Outra opção para ingressar no ensino superior é através do Educa Mais Brasil. O programa educacional tem 15 anos de atuação no mercado e já beneficiou 900 mil estudantes. Com o apoio do programa é possível iniciar um curso de graduação com até 70% de desconto. Para conferir todas as oportunidades disponíveis na sua região, basta acessar o site do programa. As inscrições são gratuitas.

Agência Educa Mais Brasil

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.