Educa

EUA sobre prisão de braço direito de Guaidó: ‘haverá consequências’

Serviço secreto da Venezuela prendeu o vice-presidente do Parlamento, Édgar Zambrano, acusado de traição pelo Tribunal Supremo

Por meio do twitter da embaixada americana em Caracas, fechada desde a escalada de tensão entre os dois países, Washington exigiu a libertação de Zambrano e descreveu a prisão como “ilegal e indesculpável”.

“Maduro e seus cúmplices são responsáveis diretos pela segurança de Zambrano. Se não for liberado de imediato, haverá consequências”, manifestaram os EUA.

A pedido do TSJ, a Constituinte suspendeu na terça-feira (8) a imunidade parlamentar de Zambrano. O próprio parlamentar tuitou que patrulhas do Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin) cercaram seu carro diante da sede da Ação Democrática, partido de Zambrano.

Veja mais no Jornal do Brasil

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: