AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

CPI de Brumadinho ouve representante do setor mineral

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Brumadinho realiza na terça-feira (18) audiência pública interativa com a participação de representantes do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) e do Ministério de Minas e Energia (MME). A reunião tem início às 13h na sala 2 da ala Nilo Coelho.

O debate contará com a participação do presidente do conselho diretor do Ibram, Wilson Nélio Brumer, e da secretária adjunta de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do MME, Lilia Sant’Agostino. As oitivas atendem a requerimento do senador Carlos Viana (PSD-MG).

“Tendo em vista que um dos objetivos desta CPI é propor leis que aperfeiçoem a concessão e a fiscalização da mineração, e em especial a operação de barragens de rejeitos, torna-se importante ouvir a posição do MME, através do secretário da área responsável”, explica Carlos Viana no requerimento em que solicita a participação do representante do MME.

Ao justificar a participação do Ibram, Carlos Viana ressalta que o instituto reúne mais de 130 associados, como mineradoras, entidades de classe patronais, empresas de engenharia mineral, ambiental, de geologia, fabricantes de equipamentos, centros de tecnologia e bancos de investimento, entre outros.

“Em um momento em que o Senado discute a legislação que regula o funcionamento do setor, principalmente em relação a tecnologias mais seguras de disposição dos rejeitos de mineração, cabe ouvir os representantes do setor”, ressalta Carlos Viana em seu requerimento.

Agência Senado

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: