Educa

CPI de Brumadinho ouve representante do setor mineral

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Brumadinho realiza na terça-feira (18) audiência pública interativa com a participação de representantes do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) e do Ministério de Minas e Energia (MME). A reunião tem início às 13h na sala 2 da ala Nilo Coelho.

O debate contará com a participação do presidente do conselho diretor do Ibram, Wilson Nélio Brumer, e da secretária adjunta de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do MME, Lilia Sant’Agostino. As oitivas atendem a requerimento do senador Carlos Viana (PSD-MG).

“Tendo em vista que um dos objetivos desta CPI é propor leis que aperfeiçoem a concessão e a fiscalização da mineração, e em especial a operação de barragens de rejeitos, torna-se importante ouvir a posição do MME, através do secretário da área responsável”, explica Carlos Viana no requerimento em que solicita a participação do representante do MME.

Ao justificar a participação do Ibram, Carlos Viana ressalta que o instituto reúne mais de 130 associados, como mineradoras, entidades de classe patronais, empresas de engenharia mineral, ambiental, de geologia, fabricantes de equipamentos, centros de tecnologia e bancos de investimento, entre outros.

“Em um momento em que o Senado discute a legislação que regula o funcionamento do setor, principalmente em relação a tecnologias mais seguras de disposição dos rejeitos de mineração, cabe ouvir os representantes do setor”, ressalta Carlos Viana em seu requerimento.

Agência Senado

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: