Educa

Fiéis em todo o país participam das celebrações do Corpus Christi

Lembrado em diversas cidades de todo o país, e ao redor do mundo, a tradição católica do Corpus Christi leva, nesta quinta-feira (20), fiéis e visitantes às ruas do Brasil.

Ponto facultativo em algumas partes e feriado em outras, o dia de Corpus Christi é sempre marcado 60 após o Domingo da Páscoa.

Em algumas capitais, esta quinta é feriado, como no Rio de Janeiro, São Paulo, Maceió e Vitória. Em outras, é ponto facultativo. É o caso da capital do país: em Brasília, aqueles que foram liberados do trabalho participam de diversas atividades ligadas à data na área central, na Esplanada dos Ministérios.

Entre as atividades, os tradicionais tapetes confeccionados a várias mãos, pelo chão.

Não apenas Brasília, mas muitas cidades carregam essa tradição: qualquer objeto de sucata e resto de materiais vira um mero detalhe que ganha beleza e se torna arte.

São vários metros quadrados de desenhos ligados à temática do Corpus Christi e ao catolicismo. Tradicionalmente, esses tapetes são desenhados pelas vias por onde passam a, também tradicional, procissão de Corpus Christi, que costuma ocorrer no fim da tarde.

Em Brasília, os tapetes são confeccionados por 600 jovens, de dezoito movimentos ligados à arquidiocese. 120 metros de tapetes serão a passagem da procissão que vai sair da catedral metropolitana, às 17h, em direção ao palco montado exclusivamente para a celebração, no canteiro central da Esplanada, para a missa campal, celebrada pelo cardeal Arcebispo de Brasília, dom Sergio da Rocha.

De acordo com a CNBB, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, a solenidade de Corpus Christi é também conhecida como a ‘Festa da Eucaristia’.

Segundo a entidade, os cristãos celebram a “presença real de Jesus Cristo no pão e no vinho consagrados na Santa Missa”, seguida de uma grande procissão e adoração ao Santíssimo Sacramento. A festa de Corpus Christi foi instituída oficialmente pelo papa Urbano IV, no século 13.

EBC

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: