Educa

Nutricionista ensina como ter uma alimentação saudável sem gastar muito

Lilian Guedes explicou que um cardápio saudável é aquele que compreende os grupos alimentares (proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais) de forma harmônica

Alimentação equilibrada é quase que sinônimo de vida saudável. Para as pessoas que passam muito tempo fora de casa, investir em um planejamento alimentar é essencial. A nutricionista Lilian Guedes, que responsável pelo Departamento Gestão de Saúde do Grupo Géia, garante que o bom gerenciamento da rotina alimentar também traz economia.

“Quem não se programa, geralmente consome produtos mais caros, calóricos e sem tanto valor nutricional. A correria do dia a dia ligada a má administração do tempo é um perigo para a alimentação, pois faz com que se troque a comida caseira por lanches em fast-foods, salgados na padaria da esquina”, alertou Lilian.

O ideal é planejar um cardápio semanal, fazer uma lista de compras para levar apenas o necessário e reservar um horário do dia ou da semana para preparar as marmitas.

A especialista explicou que um cardápio saudável é aquele que compreende os grupos alimentares (proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais) de forma harmônica, fornecendo assim, as quantidades adequadas de nutrientes para manutenção das funções vitais. O segredo do sucesso é hierarquizar os alimentos e dosar a quantidade calórica e nutritiva para cada porção.

Para te ajudar na escolha alimentar, Lilian Guedes indicou quais grupos alimentares não podem faltar no cardápio. Confira:

  1. Carboidratos: por serem a principal fonte de energia do corpo humano, os carboidratos formam a base de nossa alimentação. “Importante escolher as melhores fontes, como tubérculos como mandioca, inhame e cereais integrais como aveia, quinoa e arroz integral”, alerta a nutricionista.

  2. Vegetais e frutas cruas: o ideal é consumir diariamente vegetais e frutas cruas durante as refeições. “Esses tipos de alimentos fornecem uma grande quantidade de fibras alimentares e água, o que ajuda na digestão e prolonga a saciedade”, explica.

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: