Educa

Madeireira vence licitação para explorar a Floresta Nacional do Jamari, em Rondônia

Cerca de 100 mil hectares da Floresta Nacional do Jamari, em Rondônia, são concedidos à empresa para manejo sustentável. O contrato de concessão foi assinado nesta segunda-feira (19).

O contrato é entre o Serviço Florestal Brasileiro, vinculado ao Ministério, e a empresa Madeflona Industrial Madeireira, vencedora da licitação homologada em julho deste ano.

A empresa passa a ter o direito de manejar de forma sustentável a floresta pública para extração de madeira, produtos não madeireiros e serviços de turismo.

Para isso, paga ao governo pela exploração. Entre os critérios para escolha da empresa, foram avaliados indicadores socioambientais como maior benefício social, menor impacto ambiental e maior agregação de valor local.

A aérea concedida, fica na Unidade de Manejo Florestal IV da Floresta Nacional do Jamari entre os municípios de Cujubim, Porto Velho, Ariquemes e Itapuã do Oeste.

A Coordenadora da Kanindé Associação de Defesa Etnoambiental, Ivaneide Bandeira, que esse tipo de concessão ajuda o setor a se organizar e a fazer as suas atividades de forma correta. Ivaneide destaca que a concessão precisa atender também as necessidades das comunidades que vivem no entorno da Flona.

Seis florestas nacionais no Pará e em Rondônia estão sob regime de concessão florestal para manejo sustentável.

O contrato de concessão foi assinado nesta segunda-feira (19), na capital Porto Velho, com com a presença da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina.

EBC

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: