Ouça "Episódio 34 - Notícias da Amazônia ao vivo com Lívia Almeida" no Spreaker.

Meio Ambiente aprova mudança em áreas de reservas extrativistas de Rondônia

Agostinho apresentou parecer favorável ao projeto, que já havia sido aprovado nas comissões de Integração Nacional; e de Agricultura
A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável aprovou nesta quarta-feira (27) proposta que reduz a área da Reserva Extrativista do Rio Ouro Preto em cerca de 20 mil hectares e, concomitantemente, amplia a área da Reserva Extrativista do Lago Cuniã em cerca de 24 mil hectares. As duas áreas protegidas estão localizadas em Rondônia.

Com as mudanças, a reserva Ouro Preto passará dos atuais 204.583 hectares para 184.169,55 hectares. Já a reserva Cuniã será ampliada dos atuais 55.850 hectares para 74.659 hectares. A redefinição garantirá a utilização e a conservação dos recursos naturais renováveis manejados por comunidades tradicionais.

O Projeto de Lei 10493/18, do ex-senador Valdir Raupp (RO), foi relatado pelo deputado Rodrigo Agostinho (PSB-SP), que apresentou parecer favorável. Segundo ele, as mudanças propostas pelo projeto têm o apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, responsável pela implantação e monitoramento de unidades de conservação instituídas pela União.

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será avaliada agora pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Reportagem – Janary Júnior

Câmara dos Deputados

Ouça "Notícias da Amazônia ao vivo!" no Spreaker.

O que você pensa sobre este artigo?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: