AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

América Latina: sobe para 10 número de países com casos de coronavírus

Colômbia registrou dois novos pacientes com a doença

Equador, México, Brasil, Argentina, República Dominicana, Chile, Peru, Colômbia, Costa Rica e Paraguai são os países afetados pelo novo coronavírus (Covid – 19) na América Latina até o momento.

A Argentina registrou, no último sábado (7), a primeira morte pela doença. A vítima é Guillermo Abel Gómez, de 65 anos. Ele havia estado na França e sofria de outras doenças que complicaram o quadro de saúde dele. Os casos confirmados no país são 11 até o momento.

O Ministério da Saúde argentino emitiu um comunicado em que pede que alunos e funcionários de colégios públicos e privados que visitaram países com casos de contaminação da doença que fiquem em casa, de quarentena, durante 14 dias. Os países citados na nota são Itália, Espanha, França, Alemanha, China, Japão, Coreia do Sul e Irã.

Veja também:

Prazo para entrega da Rais começa hoje e vai até 17 de abril

MPF quer que União indenize por danos morais indígenas do Parque do Tumucumaque

A Universidad Nacional de La Plata, em Buenos Aires, seguindo orientação do Ministério da Saúde, também emitiu um comunicado em que solicita que alunos, docentes e funcionários da instituição que estiveram em viagem por algum dos países mais afetados pela doença permaneçam em quarentena em suas casas.

Hoje (9) a Colômbia registrou dois novos pacientes com a doença. O Ministério da Saúde do país informou que se trata de um homem de 34 anos, residente na cidade de Buga, e uma mulher de 50 anos, de Medellín. Ambos estiveram em viagem à Espanha e têm quadros estáveis. As autoridades agora buscam localizar as pessoas que estiveram em contato com eles. No total, são três casos confirmados até o momento.

No Equador, até o momento, são 15 casos confirmados da doença. No Brasil, 25. No México, sete. No Chile, 10. A República Dominicana tem dois pacientes infectados. Costa Rica tem nove casos confirmados, Peru tem seis e o Paraguai, um.

EBC

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: