Aumenta para 6 os casos suspeitos do Covid-19 em Macapá

Aumentou para seis o número de casos suspeitos de Coronavírus monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica. Os dois novos são de uma mulher, de 41 anos, e seu filho, de 18 anos, com registro de viagem para os Estados Unidos.

Em ambos os casos, os pacientes foram atendidos na UBS Lélio Silva e avaliados por um médico, onde realizaram a coleta de exame de escarro na própria unidade, que encaminhará a amostra ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), para ser analisado pelo Instituto Evandro Chagas, em Belém/PA, (referência na Região Norte).

Após exame, os pacientes foram liberados para isolamento domiciliar por não apresentarem sintomas graves da doença, recebendo kits de máscaras, recomendações sobre cuidados básicos e estão sendo acompanhados por meio de contato telefônico pela equipe da vigilância municipal.

A Vigilância Epidemiológica do município tem total autonomia de avaliação e notificação dos casos atendidos nas UBS’S da capital. A notificação só é realizada após a investigação epidemiológica, feita por enfermeiros e médicos, que avaliam se os casos se enquadram nos critérios clínicos. O Município recomenda que as pessoas evitem lugares com aglomerações, não viajem e mantenham hábitos de higiene, como lavar constantemente as mãos.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta que as pessoas com sintomas de febre, dificuldade para respirar, tosse ou coriza, associados a aspectos epidemiológicos como histórico de viagem em área com circulação do vírus ou contato próximo com algum caso suspeito ou confirmado laboratorialmente para Covid-19 procurem o serviço de saúde mais próximo.

Como parte do Plano de Enfrentamento ao Covid-19, a Secretaria Municipal de Saúde apresentou aos profissionais das UBS’s o fluxo de atendimento a casos suspeitos de Coronavírus. O protocolo trata das providências a serem tomadas quando pacientes suspeitos da síndrome respiratória buscarem atendimento em uma unidade do Município.

Dicas de prevenção e orientações

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, ou usar desinfetante para as mãos à base de álcool quando a primeira opção não for possível;
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
  • Ficar em casa quando estiver doente;
  • Usar um lenço de papel para cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, e descartá-lo no lixo após o uso;
  • Pessoas que estiverem voltando de locais com grande transmissão devem fazer auto isolamento por sete dias, evitando grandes movimentações em locais com aglomeração de pessoas;
  • Não compartilhar copos, talheres e objetos de uso pessoal;
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência;
  • manter ambientes bem ventilados e higienizar as mãos após tossir ou espirrar.

 

Secretaria de Comunicação de Macapá

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: