Com auxílio de alunos, Prefeitura de Macapá continua atividades do programa Plantando Legal

Preocupada com a conservação e bem-estar da ambiência e seus usuários, a Prefeitura de Macapá, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam), e com a participação de alunos do quarto ano da Escola Municipal Maestro Miguel da Silva, plantou na manhã desta terça-feira, 17, no entorno da orla do bairro Perpétuo Socorro, mudas de ipês, oitis e de plantas frutíferas. A meta é colocar vegetais em bairros que tiverem pouquíssima variedade delas e, a longo prazo, estabelecer o equilíbrio do ecossistema e embelezar os lugares onde foram enraizadas.

O plantio faz parte do Plantando Legal, estabelecido no Congresso de Arborização Urbana, ocorrido em novembro de 2017. O programa conta com a ajuda de voluntários diversos, dependendo do lugar no qual a atividade está acontecendo. Podem ser alunos, entidades e habitantes. No caso desta terça, foi escolhida a turma do quarto ano da Escola Maestro Miguel da Silva para fazer a plantação. No total, foram enraizadas sessenta mudas, sendo trinta de ipês e oitis, e trinta de mangueiras, jambeiros e cajueiros.

“Foi a nossa professora que nos contou que faríamos o plantio hoje”, revelou Sabrina Gabriele, aluna voluntária que faz parte do projeto da prefeitura de Macapá “Aluno Auditor”. E como somos alunos auditores, cuidaremos dessas plantas, para que elas cresçam”, admitiu Diogo Amanajás, também aluno voluntário. “Apesar do calor, estamos gostando de participar desse projeto. Tomara que essas árvores fiquem muito bonitas daqui a alguns anos, e deem bastante frutas para comermos”, completou Sabrina, esperançosa.

“Em novembro de 2017, recebemos o Congresso de Arborização Urbana e lançamos, neste evento, o Plantando Legal, que é o programa de arborização do Município. Encontramos dificuldades em plantar nas calçadas, porque, no geral, não há ‘gola’ nelas para enraizar uma erva, por causa da fiação elétrica frágil e antiga. Porém, temos nos esforçados para driblar esse problema e colocar os vegetais nos canteiros e praças. Nossa meta é cinco mil árvores”, declarou Márcio Pimentel, secretário de Meio Ambiente de Macapá.

“Decidimos também convidar estudantes de escolas municipais, entidades e a população para fazer o plantio conosco, e dialogarmos com as pessoas a respeito da importância da educação e conservação ambiental”, concluiu Márcio.

Bruno Monteiro

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: