Linhas são suspensas e região do Jari pode ficar no isolamento

Atendendo solicitação do prefeito de Laranjal do Jari, Márcio Serrão, o governador do Estado, Waldez Góes, suspendeu a partir desta quinta-feira, 9, as linhas de ônibus que realizam viagem para a região do Jari. A medida teria como motivação o último boletim divulgado pelos órgãos de controle epidemiológico e que apontam um número de 05 casos de coronavírus na região, sendo 02 em Laranjal e 03 em Vitória.

A medida pegou de surpresa as empresas de ônibus que operam na região porque todas elas já tinham tomado as medidas preventivas para evitar a disseminação da doença. Além da redução da frota, a cada viagem os veículos passam por rigorosa assepsia através de uma máquina de oxi-satinização. A máquina utiliza um processo de higienização industrial que foi adaptado para a área automotiva. O ozônio, usado no processo, é um gás natural, que tem efeito germicida e é eficiente na destruição de vírus, bactérias e fungos, com eficiência de até 99,9%.

Com a suspensão das linhas, a preocupação é com a atuação exclusiva de veículos piratas, que já atuam no trajeto, e que serão as únicas alternativas de acesso aos municípios. Esses veículos não passam por controle epidemiológico de passageiros, não são higienizados e já fizeram diversas vítimas, em acidentes de trânsito.

Fran Pacheco, que é motorista, reside na região do Jari mas realiza trabalhos em Macapá, teme que a suspensão das linhas deixe Laranjal do Jari no isolamento. “Sem falar que os veículos piratas irão inflacionar os valores das corridas para quem precisa chegar à região do Jari”, relata.

Ascom/Setap

O que você pensa sobre este artigo?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: